Porsche Sound Night 2017

|0 comentários
Tendo publicado vídeos da edição de 2018 da Porsche Sound Night resolvi rever que outras edição não tinha ainda partilhado - pelos vistos falhei a edição de 2017. Para quem não conhece, as Porsche "Sound Night" são um evento anual em que os convidados podem ouvir os motores de modelos icónicos da marca alemã, bem como partilha de experiências e histórias de pilotos, engenheiros e mecânicos sobre esses veículos.
Edição de 2011
Edição de 2012
Edição de 2013 Edição de 2014
Edição de 2016
Edição de 2017
Edição de 2018

2000 Porsche 911 GT3 Rally



1970 Porsche 908/03 Spyder



2013 Porsche 911 GT3 RSR



1970 Porsche 917 KH Coupe "Weissach' Taxi



2017 Porsche 911 GT2 RS



1966 Porsche 906 Carrera 6



1973 Porsche 911 Carrera RSR "Targa Florio"



1981 Porsche 936/81



1998 Porsche 911 GT1



2017 Porsche 911 Turbo S Exclusive



1956 Porsche 550A Spyder



1992 Porsche 911 Turbo S (modelo 964)

Porsche Sound Night 2013

|0 comentários
Tendo publicado vídeos da edição de 2018 da Porsche Sound Night resolvi rever que outras edição não tinha ainda partilhado - pelos vistos falhei a edição de 2013. Para quem não conhece, as Porsche "Sound Night" são um evento anual em que os convidados podem ouvir os motores de modelos icónicos da marca alemã, bem como partilha de experiências e histórias de pilotos, engenheiros e mecânicos sobre esses veículos.
Edição de 2011
Edição de 2012
Edição de 2014
Edição de 2016
Edição de 2018




Porsche 356 B 2000 GS Carrera GT 1963


Porsche 904/8 Carrera GTS 1964


Porsche 911 R 1967-1968


Porsche 917/30 Spyder 1973


Porsche 911 Carrera RSR 1975


Porsche 934 1976-1977

Porsche 935/78 Moby Dick 1978


Porsche 936 Spyder 1977


Porsche 911 RSR 2013


Porsche 911 GT1 1998


Porsche 961 1986


Porsche 924 GTP Le Mans 1981


Entrevista a Hans-Joachim Stuck


Herbert Linge e o Dreikantschaber aka 356 1933

Porsche Sound Night 2018

|0 comentários
A edição deste ano da Porsche Sound Night teve o extra de calhar no 70º aniversário da marca alemã e 13 modelos vieram do museu da Porsche para quebrarem o silêncio da noite.



Porsche 919 Hybrid


Porsche 911 GT3 RSR


Porsche 911 RSR

Porsche 911 GT3 Cup


Porsche 911 Carrera 2 Cup


Porsche 911 GT1


Porsche 962


Porsche 959 Paris Dakar


Porsche 935/78 Moby Dick


Porsche 911 RSR 2 1 Turbo


Porsche 917


Porsche 804 F1


Porsche 356 Number 1

[update vídeo]Audi e-tron apresentado

|0 comentários
Uns dias após o Mercedes EQC a Audi apresenta o seu SUV eléctrico - este é o Audi e-tron. Talvez menos audaz em termos de design mas anuncia performance de um desportivo. Mas é o primeiro de muitos - a Audi terá 12 SUVs até 2025 com 5 modelos Q eléctricos e um Sportback e-Tron pelo meio.

Se inicialmente os automóveis eléctricos se distinguiam dos convencionais, atualmente parece que vamos na direção oposta - sejamos sinceros, o atual Leaf parece o resultado de uma noite tórrida entre uma Micra jovem e o Pulsar mais velho que já foi reformado. Este e-Tron tem os faróis e grelha do Q3 e atrás temos o Q8. O único detalhe que verdadeiramente sobressai, e é um opcional, são as câmaras que substituem os espelhos retrovisores laterais - uma novidade em automóveis de série (o Volkswagen XL1 não conta porque é produzido por encomenda, não em série) que permite reduzir a largura do carro em 15 centímetros melhorando a performance aerodinâmico. 
Este Audi tem 4.90 metros de comprimento (fica entre os Q5 e Q8) e o Mercedes EQC é um pouco mais compacto com 4.68 metros. O perfil traseiro é bastante inclinado para uma aspecto dinâmico mas reduz a capacidade da mala - mesmo assim ainda consegue uma bagageira de 660 litros.

Em termos de designe exterior é simples "separar" os Audi e-Tron dos Mercedes EQC - se procura um SUV eléctrico que não se distinga muito do convencional quer o e-tron, se procura algo mais vistoso mas elegante então quer o EQC.

No interior temos a mesma situação, muito próximo dos mais recentes modelos de topo da Audi incluindo os touchscreens e o Virtual Cockpit. A ausência do túnel de transmissão ajuda ao espaço interior.



Mecanicamente falando este Audi e-Tron tem 2 motores eléctricos, um em cada eixo para tração integral e alimentados por 700 quilos de bateria de lítio com 95kWh alojada no fundo do carro, para um total máximo de 300kW ou 408 cavalos e 664Nm de binário - se soa familiar é porque é a mesmo que o Mercedes EQC debita. Em modo normal debita um pouco menos: 265kW de potência e 561Nm de binário, o suficiente para atingir os 100km\h em 6,4 segundos de silencio e uma autonomia WLTP de 400 quilómetros.

Infelizmente carregar uma bateria de 95 kWh na tomada de 220 volts em casa é inconcebível - para ajudar na recarga o e-tron consegue usar pontos de recarga até 150 kW onde 30 minutos bastam para uma carga. Para as residências a Audi oferece 2 escolhas de wallbox - a Compact de 11kW carrega o e-Tron em 8,5 horas e a "Charging System Connect" de 22 kW que o fará em 4,5 horas.


update 18-10-2018

Evolução da iluminação by Volkswagen

|0 comentários
A iluminação de um automóvel evoluiu muito ao longo dos anos, passando de algo necessário para se ver a estrada para um elemento activo da imagem, design e condução. Nestes vídeos da Volkswagen temos primeiro a evolução da qualidade da iluminação recorrendo às 7 gerações do Golf, e se no primeiro video "iluminamos o passado" no segundo video temos o futuro próximo.

[update video]Bugatti Divo apresentado

|0 comentários
Dois anos depois Chiron a Bugatti apresentou em Pebble Beach uma nova variante - o Divo, em honra ao piloto Albert Divo que venceu a Targa Florio ao volante de um Bugatti Type 35 B em 1928 e 1929. Não um novo modelo mas uma série limitada de 40 unidades a 5 milhões de euros cada e todas já vendidas a quem já tem um Chiron. Mas curiosamente, pagaram o dobro do preço de um Chiron por uma variante com a mesma potência e limitado a 380 km/h (o Chiron atinge 420 km/h)...


Mas enquanto o Chiron é feito para velocidade de ponta, o Divo foi feito para as curvas. A grande diferença está na carroçaria especificamente desenvolvida para este Divo que consegue gerar mais 90 quilogramas de apoio aerodinâmico (para um total de 496 quilogramas de apoio) relativamente ao Chiron. Novo spoiler dianteiro, novo extrator traseiro e uma aileron traseiro activo 23% maior.


Uma das alterações que acho espectacular são os faróis traseiros 3D - são 44 palhetas individuais de espessuras diferentes que se acendem.

O Divo perdeu 35 quilogramas gramas a um sistema audio mais leve, redução na insonorização e de alguns arrumos. A direção e suspensão foram também retrabalhados. Sendo feito para as curvas, a Bugatti retrabalhou a direção para ser mais direta, aumentou o camber das rodas e retirou o modo "Top Speed" dop Divo.





Num circuito consegue ser 8 segundos mais rápido por volta que o Chiron e continua a acelerar dos 0 aos 100 km/h mais rápido que um gato fofe do banho (2,4 segundos).
update 18-10-2018

[update videos]BMW X7 apresentado

|0 comentários
Atenção senhores e senhoras, a BMW apresentou a sua maior grelha dianteira - que está ligada ao seu maior SUV: este é o novo BMW X7, perfeito para os claustrofóbicos.


Mantendo as linhas do concept apresentado em Frankfurt em 2018, tudo é grande - com 5,15 metros de comprimento este novo BMW X7 consegue ser maior (em 1 centimetro) que o Bentley Bentayga, e deixa o rival Q7 a 10 centímetros de distancia. A distancia entre eixos é também enorme - 3,11 metros, o que permite transportar 7 passageiros de série ou até 2 metros cúbicos de carga.



E como não pode deixar de ser, a lista das tecnologias disponíveis é igualmente grande: direção às 4 rodas, suspensão activa, faróis laser, climatização de 5 zonas, tecto estrelado da Rolls-Royce, jantes até 22 polegadas, ecrãs tacteis nos encostos de cabeça e muitas outras possibilidades.



Mecanicamente falando é uma versão (muito) aumentada da plataforma do X5, recebendo debaixo do capot no lançamento 3 motores de 6 cilindros de 3 litros - a diesel o X7 xDrive30d com 265 cavalos e o M50d com 400 cavalos e 760 Nm de binário, e a gasolina o X7 xDrive40i com 340 cavalos e 450 Nm de binário.


Apresentação ao público será feita no salão automóvel de Los Angeles - principal mercado deste X7, será capaz de destronar o Mercedes G?
update 18-10-2018

[update videos]Novo Fiat 500X apresentado - restyle

|0 comentários
Temos uma atualização ao Fiat 500X - recebe novas ópticas, novos motores, novos equipamentos e passará a estar disponível com 2 visuais.

Recebe novos faróis dianteiros semelhantes ao 500, que por opção podem ser 100% LED, com iluminação diurna incluída e os faróis traseiros tem uma aplicação na cor da carroçaria. Recebe também novos para-choques que são a principal diferença entre as versões Urban (mais citadinas) e as versões Cross e Club mais "activas".


No interior temos um volante novo e um conjunto de instrumentos refrescado. A nível de tecnologias recebe vigilância de ângulo morto, passagem automática de máximos, reconhecimento de sinalização vertical ligada ao cruise control activo, alerta de saída de faixa e outras.

Debaixo do capot os motores foram atualizados em linha com o primo Renegade - a gasolina desaparecem o 1.6 litros atmosférico E-Torq e o 1.4 litros Multiair. No seu lugar passamos a ter um 3 cilindros turbo de 1 litro de 120 cavalos e 190 Nm de binário e um 4 cilindros de 1.3 litros de 150 cavalos e 270 Nm de binário - este ultimo pode receber por opção uma caixa dupla embraiagem de 6 velocidades. 

Os motores diesel são os mesmos mas são adaptados à norma Euro 6D - o 1.3 litros MultiJet mantém os 95 cavalos, o 1.6 MultiJet mantém os 120 cavalos e o 2.0 litros MultiJet passa de 140 para 150 cavalos.


update 18-10-2018

[update vídeo]Seat Tarraco - 3 SUVs para a Seat

|0 comentários
Se SUVs é o que está a dar, os construtores dão e no salão de Paris a Seat irá apresentar o seu terceiro SUV em 2 anos - o Ateca em 2016, o Arona em 2016 e agora é o Tarraco, baseado na plataforma MQB e tal como os primos Skoda Kodiaq e Volkswagen Tiguan Allspace disponível com 7 lugares. Além dos primos terá ainda pela frente os Ford Edge, Hyundai Santa Fe, Kia Sorento, Land Rover Discovery Sport, Peugeot 5008, e os primos Nissan X-Trail e Renault Koleos.


Exteriormente a frente estreia uma nova grelha e faróis dianteiros que devemos ver nos futuros Seat e uma faixa a ligar os faróis traseiros. Com 4,74 metros de comprimento o Tarraco tem 38 centímetros que o Ateca permitindo a terceira fila de assentos - está é opcional, se for para a versão de 5 lugares a segunda fila de bancos desliza para trocar capacidade de mala (entre 760 a 1 920 litros) por espaço para as pernas.

O tablier também difere um pouco do resto da gama, especialmente a colocação do ecrã táctil que poderá ir até 8 polegadas. No lançamento o conjunto de instrumentos será digital Virtual Cockpit com um ecrã de 10,2 polegadas e poderá ainda ter suspensão adaptativa, faróis LED, controlo por gestos, cruise control activo e outras opções.

Debaixo do capot terá, a gasolina o 1.5 litros TSI de 150 cavalos com caixa manual e tracção dianteira, e o 2.0 litros TSI de 190 cavalos com caixa DSG e tração integral. A diesel apenas terá o 2.0 litros TDI disponível com 150 e 190 cavalos. Mais adiante deverá ter uma versão híbrida plug-in e um Cupra Tarraco, afinal se a Skoda levará o Kodiaq vRS com 240 cavalos ao salão de Paris e o mais certo é ter uma versão Cupra também.


Relativamente ao nome Tarraco é o nome antigo da cidade de Tarragona e foi seleccionado por uma votação online. Haviam outras escolhas em cima da mesa - Avila (uma cidade próxima de Madrid), Aranda (uma comarca de Saragoça) e Alboran (uma ilha). Curiosamente marca espanhola, nome espanhol e não será fabricado em Espanha, mas em Wolfsburg.


update 18-10-2018

Ford Mondeo híbrido disponível em carrinha

|0 comentários
O Ford Mondeo híbrido já anda por cá há 5 anos, mas apenas disponível como sedan - porque era caro demais converter ambos sedan e carrinha. Mas com a Ford mudou de ideias e agora poderá ter a Mondeo carrinha com motorização híbrida. Portanto, se quer um híbrido mas também quer algo pratico e espaçoso então a Ford tem o que procura!
Combinando um motor de 2 litros a gasolina com um motor eléctrico alimentado por uma bateria de 1.4 kWh a Ford espera duplicar as vendas do Mondeo híbrido. Este Mondeo terá como rival o novo Toyota Camry que chega à Europa mas apenas em versão sedan - a Toyota espera vender 10.000 unidades do Camry e a Ford espera uma fatia desse mercado.
"