Great Cars: Nissan Z

|0 comentários
Houve uma altura que se quisesse um automóvel desportivo as escolhas eram : italiano, alemão, inglês ou se estivesse para aí virado podia ir para algo americano. Mas ter ao mesmo tempo performance e fiabilidade era impossível até a Nissan ter apresentado 1969 o Datsun 240Z! Era rápido, ótimo comportamento, pratico e acessível. Já vamos para a 7ª geração, infelizmente não deverá chegar à Europa...

Foxconn apresenta Model C, Model E e Model T

|0 comentários
A Foxconn vai entrar no mercado automóvel com a marca “Foxtron” e apresentou 3 protótipos elétricos chamados Model C, Model E e Model T. Provavelmente a serem produzidos na fabrica de Lordstown que Foxconn acabou de comprar por 230 milhões de dólares. Não sei se a Ford ou Tesla vão gostar da escolha de nomes, mais valia irem para "Classe" assim só chateavam uma empresa...


Assim, o Model C crossover com 4,64 metros de comprimento e distancia entre eixos de 2,86 metros, capaz de transportar 7 pessoas e mesmo assim consegue um coeficiente aerodinâmico de 0,27 graças ao capot em fibra de carbono, faróis finos, carroçaria lisa, pegas das portas tipo Tesla. O interior é bastante minimalista com um conjunto de instrumentos digital, um ecrã para o sistema multimédia, e apenas alguns botões visíveis nas varias imagens que vi. Segundo a Foxconn o Foxtron Model C é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km\h em apenas 3,8 segundos e uma autonomia de 700 quilómetros.

Já o Model E, apesar de ter sido desenhado em parceria com a Pininfarina, parece um Audi mas gosto da ideia dos faróis que podem fazer sinais aos outros motoristas...O interior é luxuoso, com um tejadilho de vidro panorâmico e duas poltronas para os passageiros traseiros. Segundo a Foxconn o Foxtron Model E debita 750 cavalos, acelera dos 0 aos 100km\h em 2,8 segundos e mesmo assim atingir uma autonomia de 750 quilómetros.

E terminando a gama temos o Model T - não uma versão moderna do icónico Ford mas sim um autocarro urbano com uma autonomia acima dos 400 quilómetros e velocidade máxima de 120 km/h. Perfeito para as famílias numerosas que queiram um automóvel elétrico

[update]Novo Ford Focus - restyle

|0 comentários
Depois do Fiesta chegou a vez do Ford Focus receber uma atualização com um refrescar do exterior, mais tecnologia e ligeiros melhoramentos mecânicos.

Exteriormente as maiores diferenças estão à frente - é mais alta, recebe um novo para-choques, grelha dianteira maior e novos faróis LED de série. Mantem as versões Trend, Titanium, ST-Line e Active para 5 portas e carrinha com a variante Vignale a passar a ser apenas mais um nível de equipamento.




No interior temos um ecrã táctil de 13,2 polegadas para o sistema multimédia Sync 4 que elimina muitos dos botões anteriormente presentes como os controlos de ventilação.


Debaixo do capot temos como novidade o 1 litro EcoBoost Hybrid com 125 ou 155 cavalos, e a diesel o 1.5 litros EcoBlue com 120 cavalos. E sim, mantem-se a versão ST com o 2,3 litros turbo acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades e diferencial autoblocante de série mas se for para o "X Pack" que inclui "rev matching" para a caixa manual, jantes especificas e um modo de condução "Track".
Este Focus estreia também uma nova caixa de dupla embraiagem com 7 velocidades.

update 22-10-2021

[update]Novo BMW Série 2 Active Tourer apresentado

|0 comentários
As monovolumes estão em vias de extinção, há cada vez menos modelos disponiveis e as vendas estão em cada - mas mesmo assim a BMW apresentou a nova geração do Série 2 Active Tourer, e sim: Que grande grelha que tu tens Série 2 AT!
Exteriormente pouco mudou - basicamente o mesmo tamanho (3,2 centímetros mais comprido e 2,4 centímetros mais largo), vias ligeiramente alargadas (2,5 centímetros) e o design pouco mudou...tirando aquela enorme grelha. Recebe também novos faróis dianteiros que incorporam os piscas. Mas aquela grelha!!




No interior temos um novo tablier claramente inspirado no iX 100% elétrico com um conjunto de instrumentos digital de 10,25 polegadas e um sistema multimédia com um ecrã de 10,7 polegadas a correr o mais recente OS8. Os assentos traseiros deslizam em calhas permitindo variar a capacidade da bagageira que pode ir de 470 a 1.455 litros.



Apesar de parecer igual por forma mecanicamente é uma mistura de novo com velho - este segundo Active Tourer inaugura a nova plataforma de tração dianteira da BMW (e Mini) mas os motores são exatamente os mesmos da anterior geração. Temos a gasolina o 218i com 3 cilindros turbo de 1,5 litros 136 cavalos/230 Nm de binário, o 220i que usa o mesmo motor do 218i mas com um sistema micro-hibrido de 48 volts debitando um total de 170 cavalos/280 Nm de binário e o 223i com o 4 cilindros de 2 litros a debitar 218 cavalos/360 Nm de binário. A diesel, sim ainda há diesel, temos o também conhecido 4 cilindros turbo de 2 litros com 150 cavalos e 360 Nm de binário. Mais adiante vão haver 2 versão hibridas plug-in PHEV com um motor elétrico no eixo traseiro (permitindo tração integral) e autonomia elétrica de 80 quilómetros. Qualquer que seja a mecânica que escolha a caixa será sempre de dupla embraiagem de 7 velocidades.

A suspensão dianteira foi alterada para curvar melhor e atrás molas e amortecedores foram modificados para permitir mais espaço interior. Se for para a suspensão activa M a distancia ao solo é reduzida em 15 milímetros e uma direção mais direta.

Devem ter notado que não referi a versão de 7 lugares Gran Tourer - pois, más notícias porque desistiram dessa versão.
update 22-10-2021

Great Scott!

|0 comentários
Não se esqueçam de votar no mayor Goldie Wilson III...


[update]Novo Honda HR-V - dados técnicos

|0 comentários
Apresentado no inicio do ano ainda não tínhamos os dados técnicos do novo Honda HR-V, a terceira geração deste modelo.
Apesar de parecer maior este novo HR-V é basicamente do mesmo tamanho que anterior: mesma largura e comprimento, mas a distancia ao solo sobe 10 milímetros e o tejadilho desce 20 milímetros. Há mais 35 milímetros de espaço para as pernas no interior e os assentos dianteiros sobem 10 milímetros. O sistema multimédia é compatível com Apple CarPlay sem fios, cruise control activo, controlo de ângulos mortos e outras ajudas à condução estão disponiveis.

Estará apenas disponível como hibrido clássico combinando o motor de 1.5 litros i-VTEC de ciclo Atkinson com 2 motores elétricos para um total de 131 cavalos (o Jazz com a mesma combinação tem apenas 109 cavalos) e 253 Nm de binário. Chega aos concessionários no final do ano.




update 22-07-2021

[update]Novo Volkswagen Polo GTI apresentado

|0 comentários
O Volkswagen Polo foi recentemente atualizado e agora chega a vez de atualizar o Polo GTI que recebe mais tecnologia e um pouco mais de potência.
Como seria de esperar segue o modelo atualizado com novos faróis dianteiros e traseiros, grelha dianteira especifica com uma faixa LED, aplicações em vermelho, escape de 2 saídas, jantes largas em 2 tons, travões reforçadas em vermelho a contrastar com o tejadilho e espelhos retrovisores em preto.




No interior temos o tablier atualizado com um conjunto de instrumentos digital, novo sistema multimédia com um ecrã de 9.2 polegadas, novos comandos para o sistema de ventilação, assentos com tartan característicos, acabamentos em vermelho.



Debaixo do capot a melhoria de potencia é ligeira - o 4 cilindros de 2 litros turbo ganha apenas 7 cavalos para 206 com o binário a manter-se nos 320 Nm, tudo debitado no eixo dianteiro via uma caixa de dupla embraiagem DSG de 7 velocidades e um diferencial eletrónico de série. Para melhorar o comportamento a suspensão foi rebaixada em 15 milímetros. Tudo somado e os 1286kg de Polo GTI acelera dos 0 aos 100km\h em 6,5 segundos.

update 22-10-2021

[update]Novo Volvo C40 Recharge apresentado

|0 comentários
A Volvo apresentou o seu segundo modelo 100% elétrico e regressa os modelos "C" depois dos C30 e C70 - este é o novo Volvo C40 Recharge, a versão coupé do actual XC40. Mas é também uma pergunta - sendo um coupé/desportivo 100% elétrico então para que é que serve a Polestar?!

Em termos de design exterior não há surpresas - do pilar central B até à grelha dianteira não há diferenças para o XC40 elétrico exceto os faróis dianteiros LED tipo matrix. Apartir do pilar B o perfil do tejadilho começa a descer criando uma linha mais dinâmica que termina em faróis traseiros específicos depois de passar por um pequeno mas muito bem desenhado aileron. Gosto do pormenor de como o vidro traseiro encaixa com o tejadilho preto neste modelo apresentado.


No interior absolutamente nenhuma diferença relativamente o XC40 Recharge, tirando o espaço disponível para os passageiros traseiros - que a Volvo não comunicou.

Mecanicamente também não há novidades recebendo a mesma motorização do XC40 Recharge P8 - 2 motores elétricos alimentados por uma bateria de 78 kWh a desenvolver um total de 408 cavalos e 660 Nm de binário. A autonomia é também a mesma: 420 quilómetros WLTP.


As vendas arrancam no outono mas não vale a pena ir ao concessionário porque as vendas dos Volvo 100% elétricos só vão podem ser comprados online.

update 22-10-2021

[update]Novo Nissan Qashqai apresentado

|0 comentários
O novo Nissan Qashqai chegou - a terceira e completamente nova geração do automóvel que mais vê quando sai à rua. Novo design, plataforma e nova tecnologia incluindo uma motorização inovadora. Mas a primeira geração foi pioneira o Qashqai tem agora uma longa lista (acho que 30) de rivais - a nova geração será capaz de recuperar o trono do segmento? Cuidado Volkswagen Tiguan!
Exteriormente o perfil é semelhante e o designe é mais evolução que revolução - mas como disse acima porque mudar uma receita vencedora: tente sair à rua a qualquer hora e não ver um Qashqai passar. Temos novos faróis LED unidos por uma nova grelha semelhante ao do Juke, o capot é mais liso e até aprece tirado da Renault Espace, para-choques mais largos com entradas de ar verticais triangulares que lhe dão uma ar mais largo e largo.





De perfil nota-se que as arestas da geração anterior deram lugar a curvas - gosto do pormenor da curva que une/liga os faróis traseiros à pega das portas traseiras. A traseira mudou menos - mais suave e consensual, com faróis mais finos...e não sei porque mas recorda-me a traseiro do Lexus UX ou Toyota Rav4.

O novo Qashqai recebe novas possibilidades de personalização com 16 combinações de cores, com 5 delas com 2 tons - nestas o tejadilho pode ser em preto ou cinzento.
No interior tudo mudou - um tablier clássico mas moderno recebe conjunto de instrumentos digital com 12,3 polegadas, sistema multimédia compatível com Android Auto e Apple CarPlay com um ecrã táctil de 9 polegadas, updates via internet, um head-up display de 10,8 polegadas, router wifi para 7 dispositivos, carregamento sem fios de smartphones, assentos com massagem, portas USB A e C, e muito mais. Confesso que esperava algo mais especial como o algo semelhante com o Ayria.
Recebe também sons internos criados pelo editora de videojogos Bandai Namco - o que é ótimo porque sempre quis os sons de PacMan no meu automóvel. Mais útil é o sistema semi-autonomo ProPilot capaz de gerir filas de transito, limite automático de velocidade e travagem automática.


Graças à mudança da plataforma, o novo Qashqai é também mais espaçoso: espaço para as pernas aumenta 2,8 centímetros, mais 1,5 centímetros de altura disponível e uma mala maior.

O Qashqai é o primeiro modelo europeu da Nissan baseado na nova plataforma CMF-C da Renault-Nissan-Mitsubishi (já usada nos Renault Mégane, Scénic ou Talisman) e há poucas mudanças nas dimensões relativamente ao modelo anterior: é 3,5 centímetros mais comprido (se bem que 2 centímetros vão para a distancia entre eixos), é 3,2 centímetros mais largo, 1 centímetro mais alto, a capacidade da mala cresce 50 litros (504 litros total) e é 60 quilogramas mais leve.

Debaixo do capot estará terá 2 versões do 4 cilindros turbo de 1.3 litros a gasolina da Renault (também usado na Mercedes) com um sistema micro-híbrido de 12 volts disponível com 140 (apenas disponível com tração dianteira e caixa manual de 6 velocidades) e 158 cavalos (apenas a versão de 158 cavalos terá a opção de caixa CVT e tração integral). A versão de tração integral recebe de série caixa de velocidades CVT, jantes de 20 polegadas e um eixo traseiro multibraços enquanto as seguintes versões recebem um sistema semirrígido.

Como já abordei antes não há versão diesel - o que a substitui é uma versão hibrida em paralelo denominada e-Power: basicamente tem um 3 cilindros turbo de compressão variável de 1.5 litros a debitar 157 cavalos que funciona apenas como gerador de eletricidade não estando ligado às rodas. Este motor gera eletricidade que é armazenada numa bateria (que também é recarregada pela travagem regenerativa) que alimenta o motor elétrico que move o novo Qashqai - infelizmente para já não há dados oficiais sobre os consumos desta versão que só deve chegar em 2022.

Durante o lançamento poderá optar pela versão Premiere Edition que recebe conjunto de instrumentos digital, sistema multimédia com o ecrã de 9 polegadas, head-up display, faróis Matrix LED, tejadilho de vidro panorâmico e pintura de 2 tons a um preço mais acessível.
update 22-10-2021