Simples, curto e no ponto

|0 comentários
Vi estes anúncios ao sistema de informação em tempo real da TomTom no Youtube e sinceramente adorei - prova que as vezes o simples funciona.

Quando a oferta é muita...

|0 comentários
O pobre desconfia - e isso aplica-se a tudo, incluindo os pneus do seu automovel. Muitos falam de como os automoveis chineses ou low cost são muito mais baratos que muitos dos automoveis à venda no mercado mas quando se atira com um de encontro a uma parede percebe-se onde está a diferença. 

No meu caso a minha Megane calça uma medida chata de jante 17 que assegura sempre arrepios quando tenho que mudar pneus - mas mesmo tendo visto pneus a 50 euros cada, a minha escolha vai sempre para os Continental que custam cerca de 100 euros cada. Porque? Porque em mais de 1 situação senti que foram eles que me manteram a mim e a minha familia na estrada. Ainda recentemente a minha esposa teve uma viagem infernal em chuva torrencial à noite e a primeira coisa que ela disse-me ao chegar foi "ainda bem que foste chato e puses-te aqueles pneus". Ok, o linguajar foi mais colorido mas percebe-se... 

Mas também várias vezes recebo panfletos ou amigos falam-me de uma oficina especial que tem pneus dos meus a preços incriveis. Mas infelizmente, isso pode ser algo cada vez mais comum: pneus falsificados. Como aconteceu à Consumer Reports nos Estados Unidos. 


A Consumer Reports, versão americana da DECO, etstou vários pneus entre eles uns pneus chamados Pegasus Advanta SUV que foram os piores do comparativo. O problema é que a empresa que os fabrica verificou os números de serie nos pneus e concluiu que eram falsificações - aparentemente quando a empresa mudou de unidade de produção na China "alguem" ficou com os moldes e continuou a produzir os pneus sem autorização e sem cumprir cadernos de encargos. Imagine uma camisa Adidas que compra na feira de Espinho para usar nas suas jantes. 

Conheço várias pessoas no mundo dos pneus e quem já viu estes pneus falsificados (ou made in china) normalmente consegue-se uma talvez duas travagens fortes depois começam rapidamente a degradar-se. Curiosamente, são borrachas que duram mais mas perdem aderencia rapidamente. Os pneus são a unica coisa que liga o seu automovel à estrada - não é preciso comprar pneus caros mas compre de marcas de confiança em oficinas que comprem às marcas oficiais.

É bom ser o rei

|0 comentários
Ter um produto desejavel e pedir o preço elevado é algo normal - lei da procura e oferta no "primeiro mundo". Mas a Ferrari consegue abusar - imagine que compra um automovel e paga o deposito para reservar o modelo. Mas no dia seguinte recebe uma chamada de que se não gastar mais dinheiro em opcionais perde a vez na fila ao ponto que pode não receber o seu carro - é o que a Ferrari está a fazer com o Ferrari 458 Speciale.


Segundo a Magnitude Finance, os concessionários da Ferrari estão a aceitar os depositos de 30.000 euros de reserva mas como a procura é grande, a ordem de fabrico é a ordem de quem gasta mais a personalizar o seu automovel e não a ordem de chegada. Isso não é extorsão?

Google apresenta Android Auto

|0 comentários
Recentemente escrevi sobre a disputa que se avizinha pelo tablier do seu automovel entre os Apple CarPlay, Google Automotive Link, MirrorLink e Automotive Grade Linux. Encontrei este video que apresenta o Android Auto, o produto da Open Automotive Alliance. Permite serviços e aplicações do smartphone adaptados ao automóvel - tem acima de tudo uma interface simplificada e comandos tacteis melhorados e os comandos orais do Google Now para controlar o Google Maps, leitura de SMS's e Google Play Music.


Os maiores "tin-tins" do mundo

|0 comentários
E sinceramente não sei qual deles os tem - o doido que conduziu aquele camião Renault naquele salto ou maniaco que conduziu o Lotus Formula 1 por debaixo do camião em vôo...Ok, provavelmente o condutor do Formula 1 porque duvido que o condutor do camião tenha tintins depois daquela aterragem!


[update video]Volvo V60 Cross Country em Los Angeles

|0 comentários
A Volvo foi dos primeiros construtores a oferecer as suas carrinhas com versão mais aventureira e vai levar ao Salão de Los Angeles mais um modelo: a nova V60 Cross Country. 


 Vai preencher o espaço entre as V40 e V70 Cross Country e terá uma distancia ao solo aumentada em 65 milimetros, pneus e jantes de 18 ou 19 polegadas específicas, bem como as esperadas proteções de carroçaria em plastico duro. 


Debaixo do capot terá os novos motores 4 cilindros a gasolina e diesel Volvo apenas com tração dianteira via uma caixa manual de 6 velocidades ou automatica de 8 velocidades, e o 5 cilindros diesel D4 que poderá ter tração integral via uma caixa automática de 6 velocidades. Os mais audazes podem escolher o 5 cilindros turbo de 250 cavalos.



Update 26/11/2014
Um video interessante - uma corrida nos Pirineus entre o novo Volvo V60 Cross Country, o corredor Anton Krupika, um parapente com certo Jean-Baptiste Chandelier aos comandos e uma bicicleta conduzida por Tom Oehler.

Homicidio por ignição

|0 comentários
À 10 anos atrás Gene Mikale Erickson morreu num acidente de automóvel quando era passageiro no Saturn Ion conduzido pela sua namorada Candice Anderson. Candice sobreviveu e foi acusada e condenada por homicídio. Eis que 7 anos após a condenação Candice foi ilibada do acidente já que o acidente foi causado pela ignição defeituosa do seu Saturn

Candice foi condenada principalmente por provas circunstanciais - a policia estranhou que não havia marcas de travagem num acidente numa estrada rural sem transito em pleno dia em que o automóvel acertou numa árvore, a condutora estava "desorientada e emocional" depois do acidente e tinha histórico de "drogas recreacionais". Ela deu-se como culpada em Outubro de 2007 e cumpriu uma pena de 5 anos, pagou mais de 10.000 dolares em multas e perdeu a possibilidade se ser enfermeira devido à condenação. 

O problema é que Candice não teve culpa - 5 meses antes da condenação a GM tinha começado a investigar internamente as ignições problemáticas. E em Maio 2007 a GM tinha concluído que a ignição tinha desligado desactivamente os airbags - foi um dos 13 acidentes mortais que a GM assinalou internamente como causados pelas ignições defeituosas. Mas numa carta à NHTSA em Junho 2007 a GM negou ter avaliado a causa do acidente. 

Seguiu-se a telenovela que conhecemos - os problemas tornaram-se públicos, bem como os inúmeros acidentes que parecem todos seguir o mesmo cenário: motor desliga-se sem pré-aviso desligando airbags e cortando a assistência à direcção e travagem, resultando em acidentes difíceis de explicar em que os airbags que deviam proteger os ocupantes não fazem a sua aparição. Face a isto a acusação foi retirada a Candice Anderson, que durante todos estes anos acreditou ser a assassina do seu namorado. Ilibada irá certamente juntar-se à crescente lista de pessoas a processar a GM.

[update video]Volkswagen Golf HyMotion e Audi A7 H-Tron

|0 comentários
Pessoalmente acredito que o futuro do automóvel está na pilha de combustível, que usa hidrogénio para gerar electricidade e com água a ser o único produto. Infelizmente muitos obstáculos impedem que a tecnologia seja uma alternativa viável. A Toyota anunciou a produção limitada do Mirai, a Honda em breve deve fazer o mesmo mas o salão de Los Angeles trouxe 2 novos protótipos de um grupo pouco dado a "almoços grátis" - a Volkswagen. Estamos a falar do Volkswagen Golf HyMotion e do Audi A7 H-Tron. 

 O Golf HyMotion aproveita a versão eléctrica e-Golf mas neste a electricidade poderá vir de 2 fontes - da bateria de lítio ou da pilha de combustível de 100kW alimentada por 4 tanques de carbono colocados no interior que permitem uma autonomia de 310 quilómetros. 

Já o Audi A7 H-Tron é um híbrido diesel plug-in com uma pilha de combustível. 

Tem um motor eléctrico em cada eixo e movimenta-se via uma combinação da bateria de lítio, da célula de combustível ou pelo motor diesel permitindo uma autonomia de 500 quilómetros.

update 25/11/2014

China tenta reduzir mortes na estrada - impondo cadeiras de bébé

|0 comentários
Aproveito este post para relembrar aos pais que vejo todos os dias a levarem as suas crianças à escola sem qualquer cadeira adequada que se querem colocar a vida dos filhos em risco não teria sido mais barato usar um perservativo? Na China morrem 3 vezes mais crianças que nos paises desenvolvidos, mesmo tendo pouco mais de metade da taxa de acidentes. 

Daí que o governo chines vai avançar com medidas novas para combater este problema - multas avultuadas para quem não usar cinto de segurança ou usar telemovel ao volante e acima de tudo para quem transportar crianças sem assento adequado. Apenas 1 em cada 100 automoveis na china transporta crianças em cadeiras adequadas. No ano passado 18.500 crianças com menos de 14 anos morreram em acidentes de estrada, 1,2 milhões no mundo inteiro. 

Custa assim tanto arranjar um assento/cadeira para a sua criança? Deseja-lhe assim tanto mal? Eu levo os meus filhos no Twizy todas as manhãs e sempre com cadeira.

Momento "Eu quero!" do dia - Calendário do Advento de Tequila

|0 comentários
Com a chegada do Natal uma das compras obrigatórias é um calendario do advento com aqueles chocolatinhos para os miudos - mas afinal porque é só os miudos tem direito a um calendário do Advento. E aí entra esta este calendário do advento com TEQUILA! 

O "Tequila Advent Calendar" esconde atrás de cada uma das suas 24 portas uma amostra de diferentes marcas de tequila (é tequila ou tequilha?) e soa a uma boa forma de tornar os ultimos dias antes do Natal mais agradaveis especialmente para ignorar os constantes anuncios de brinquedos e os CD's com as músicas de Natal que as lojas colocam em loop constante nesta época. Só de pensar nisso apetece uma bebida...não, não vou conduzir!

Visteon cria centro de engenharia em Portugal

|0 comentários
Foi lançada a primeira pedra do novo Centro de Engenharia da Visteon em Portugal, um investimento de 1,7 milhões de euros que vai criar entre 50 e 60 postos de trabalho na área da engenharia. 

Este novo Centro de Engenharia reforça a posição da Visteon em Portugal no desenvolvimento tecnológico de novos produtos para a indústria automóvel e permitirá à empresa reforçar o número de quadros altamente qualificados, com a criação de 50 a 60 empregos na área da engenharia. Para além do centro de engenharia, o edifício vai ainda integrar organismos centrais da Visteon Corporation. Dividido em três fases distintas, o projeto de construção do novo Centro vai prolongar-se por três anos. Nesta fase inicial, o investimento associado a este projeto ascende a 1,7 milhões de euros.

Novo Opel Corsa - gama e preços

|0 comentários
A Opel deu a conhecer o alinhamento do novo modelo Corsa, onde sobressai o novo motor 1.0 litros turbo a gasolina e o revisto turbodiesel 1.3 CDTI ecoFLEX. O novo Corsa tem lançamento em Portugal agendado para Janeiro e já pode ser encomendado nos distribuidores Opel com a gama a arrancar apartir dos 14.490 euros. 

A Opel estabeleceu três níveis de equipamento - Enjoy, Color Edition e Cosmo. De série todos os novos Corsa oferecem sistema de monitorização da pressão de pneus, assistência ao arranque em subidas, rádio com sistema mãos-livres Bluetooth e entrada USB, ar condicionado, computador de bordo e espelhos retrovisores com regulação elétrica, vidros elétricos, fecho centralizado de portas com comando à distância e Start/Stop (excepto no 1.2 litros). Nos níveis Color Edition e Cosmo são acrescentados ao equipamento de série os sensores de chuva e de luz, bem como o sistema multimédia IntelliLink que permite a integração de smartphones. 

 A quinta geração Corsa oferece em opção variados equipamentos de apoio à condução - sistema de estacionamento automático Advance Park Assist, alerta de ângulo morto, a segunda geração da Câmara Dianteira Opel Eye (Reconhecimento de Sinais de Trânsito, Aviso de Saída de Faixa, Comutação Automática Médios/Máximos, Indicação de Distância para o Veículo da Frente e Alerta de Colisão Iminente) e faróis Bi-Xénon que incluem luz de curva. 

Debaixo do capot a grande novidade é o 3 cilindros 1.0 Turbo ECOTEC com injeção direta de gasolina com um binário máximo de 170 Nm a 1800 rpm (está disponível a partir de 15.390 euros). A versão ecoFLEX de 90 cv com consumo médio de 4,5 l/100 km, a versão de 115 cv é capaz de médias de 4,9 l/100 km mas é capaz de ir dos 0 aos 100 km/h em 10,3 segundos. O novo 1.0 Turbo esta acoplado a uma nova caixa manual de seis velocidades. A gasolina ainda tem os 1.2 e 1.4 litros de quatro cilindros - este último associada à nova caixa manual robotizada Easytronic 3.0 capaz de médias de 4,7l/100 km. 
A diesel o 1.3 CDTI ecoFLEX de 95 cv (desde 18.990 euros) foi revisto para cumprir a norma Euro 6 e um funcionamento mais refinado. Acoplado a uma caixa manual de 5 velocidades e sistema de recuperação de energia de travagem, consegue médias de 3,2l/100 km.

Onde está José Sócrates?

|0 comentários
E depois deste desvio regressamos à emissão normal... ;)

Trivialidades de 4 rodas

|0 comentários
Edição "Como é testada a tinta"

Já ouvimos falar dos testes de inverno que os automóveis são submetidos, aos crash-tests do EuroNCAP mas alguma vez se perguntou como é testada a tinta usada no seu automóvel? 

Para esses testes de durabilidade os construtores recorrem a laboratórios como estes - o Q-lab na Florida. Um local que graças à elevada humidade, calor e luz solar é perfeito para testar o envelhecimento e durabilidade das tintas. A diferentes tintas são aplicadas em chapas metálicas e deixadas a cozer ao sol. Algumas tintas ficam assim durante 7 a 10 anos antes de serem aplicadas em automóveis com cerca de 40.000 leituras diárias a serem processadas.

GM aprova SUV Opel e novos motores

|0 comentários
A GM aprovou investimento para a Opel desenvolver um SUV de topo e novos motores e caixas de velocidades.
O SUV será um modelo de topo a ser produzido de Ruesselsheim e a GM vai investir 245 milhões de euros para desenvolver este modelo. Deverá chegar em 2019 baseado em mecânica da Buick com o nome Monza.

Mas o investimento não acaba aqui - mais de meio milhão de euros na produção de novos motores e transmissões nas fábricas Ruesselsheim e Kaiserslautern na Alemanha e Tychy na Polonia.

Jaguar Type F com caixa manual e 4WD

|0 comentários
A Jaguar levou ao salão de Los Angeles 2 novas possibilidades para o Type F - tracção integral e caixa manual. A Porsche que se cuide... Porque a gama está a crescer e diversificar-se - afinal o Type-F começou apenas como um descapotavel com 3 motores, um ano mais tarde o Coupe duplicou esse número. Agora são ainda mais. 

A caixa manual é de 6 velocidades e foi desenvolvida com a ZF, que também fornece a automática de 8 velocidades que até agora era a única escolha. Estará disponivel com o V6 e V6S e apenas com tracção traseira nos coupé e descapotaveis. 

 Já a tracção integral estará disponivel com os V6S e V8 R, recebendo novas entradas de ar e capot mais elevado - infelizmente ganha também mais 80 quilogramas. Em condições normais 100% da potência vão para as rodas traseiras mas o Intelligent Driveline Dynamics pode desviar 50% da potência para o eixo dianteiro. O Type F recebe tambem uma nova direção assistida electricamente, que estará também no novo XE. Será que irá afastar clientela - logo se verá. 

O antes reservado apenas ao Type F R Coupe Torque Vectoring by Braking (ou seja é capaz de travar as rodas do lado de dentro da curva) passa a ser de série no V6S e opcional no V6. Toda a gama recebe o sistema multimédia InControl do XE e Discovery Sport, e novas opções passam a estar disponiveis: o Coupe pode receber um tejadilho em fibra de carbono, um pacote Sport Design opcional que inclui no coupe um aileron fixo.

Aquele cheirinho - Publicidade

|0 comentários
Todos os dias vemos na televisão ou outros meios de comunicação anúncios de como certo produto funciona melhor que os outros. Mas testar essas afirmações é por vezes complicado de fazer - a Gillete resolveu abordar esse mesmo problema...

"