[update]Novo Toyota GR 86 apresentado

Um pouco em contrassentido da concorrência a Toyota acrescenta mais um modelo desportivo à sua gama - depois dos GR Supra e GR Yaris temos o sucessor do GT86: o GR 86. Tive a possibilidade de conduzir o GT86 no seu habitat de eleição (a pista) e posso dizer que a ultima vez que me senti tamanho prazer e deleite 9 meses passados fui pai pela primeira vez. Poucos carros dão tanto por tão pouco. Mas lançado em 2012 o GT86 chegou ao fim da sua produção, muito provavelmente a caminho de se tornar um clássico (menos de 20.000 chegaram à Europa), mas temos uma segunda geração agora denominada GR 86.
O design é basicamente o mesmo do novo Subaru BRZ recentemente apresentado, mas a grelha dianteira é mais agressiva inspirada na do novo GR Yaris e os faróis dianteiros LED são específicos. O novo GR 86 recebe também varias melhorias aerodinâmicas para melhor estabilidade e resposta às mudanças de direção.

O interior é também idêntico ao do BRZ, os assentos recebem tecidos diferentes e o volante tem um logo GR. Temos o mesmo conjunto de instrumentos digital de 7 polegadas e o sistema multimédia com um ecrã táctil de 8 polegadas e outros acabamentos. Atrás tem mais 2 lugares para poder levar as crianças à escola e assim justificar a compra do GR86 à sua esposa\marido.



E porque em receita vencedora não se mexe, este GR 86 é mais do mesmo - continua compacto (apenas 4,27 metros de comprimento, mais 3 centímetros que a anterior geração, por 1,78 metros de largura e 1,3 metros da altura), leve graças ao uso e abuso do alumínio (1270 quilogramas apenas, para referencia um Cayman pesa 1340 quilos), centro de gravidade a beijar o chão (ok, quase a beijar o chão) e tração atrás. Até as rodas continuam a ser pequenas - pneus 215/40 em jantes de 18 polegadas.


E debaixo do capot nada de híbridos ou turbos - mantem-se o motor atmosférico de 4 cilindros opostos, mas apenas se conhece a especificação japonesa e é possível que haja diferença para a versão europeia. Dito isso, o motor de 2 litros e 200 cavalos passa para 2,4 litros sendo capas de atingir umas sonoras 7400 rpm debitando 230 cavalos às 7.000 rpm e 250 Nm de binário às 3.700 rpm no eixo traseiro via uma caixa manual ou automática ambas de 6 velocidades. Este novo modelo acelera dos 0 aos 100 km\h em 6,3 segundos, 1,1 segundos mais rápido que o modelo anterior. Mas não é só mais potência, a Toyota assegura que este motor tem uma melhor resposta e mais suave do fundo ao topo das rotações.


Pena que este GR 86 possa a vir a ser o "ultimo dos moicanos" do prazer da condução a um preço acessível do mundo automóvel. Agora só falta o "hipercarro" GR Super Sport para completar a família GR.


update 04-06-2021

0 comentários: