Tribunal francês decide a favor da Mercedes

Esta passou-me ao lado completamente - o desenrolar do famoso caso R1234yf vs França. Da ultima vez que falei neste tema a bola estava no campo do principal tribunal administrativo francês.
 
 
E a decisão foi que o principal tribunal administrativo francês decidiu a favor da Mercedes permitindo a matriculação dos Classe A, Classe B, CLA e SL. O tribunal afirma que a matriculação não coloca o ambiente em perigo já que a maioria do parque automovel tem esse gás e a legislação permite o use desse gás até 2016. Visto na Reuters.
 
Pelo meio, a Toyota reverteu também ao R134a nos modelos europeus de alguns Toyota e Lexus devido à grande pressão do público alemão.

1 comentários:

  • Anónimo says:
    13 de outubro de 2013 às 12:12

    E fez a Toyota muito bem. Mais construtores deviam seguir o exemplo!

    Humberto

"