[updte]Alpine A110R e A110 R Fernando Alonso apresentados

Esperávamos uma, mas afinal foram duas novas variantes do Alpine A110 que a marca francesa trouxe ao Grande Prémio do Japão: o Alpine A110R e uma série limitada dedicada a um dos pilotos da sua equipa de Formula 1...que está de saída: o A110 R Fernando Alonso.

Comecemos pelo Alpine A110 R "normal": é mais leve, mais rápido, mais rígido que o A110 S e provavelmente a ultima variante do A110 antes da transição para o elétrico. É uma versão para os track-days mas legal para a estrada - um rival para o Porsche Cayman GT4. Não há alteração no motor turbo de 1,8 litros (continua a debitar 300 cavalos) mas perde 34 quilogramas de peso para apenas 1.082 quilogramas e ganha alguns melhoramentos aerodinâmicos.


Perder 34 quilogramas parece pouco mas o A110 já é extremamente leve e ir mais longe obriga a medidas extremas: jantes 100% de fibra de carbono da Duqueine mais abertas à frente para melhorar arrefecimento e fechadas atrás para melhoria aerodinâmica, capot dianteiro em fibra de carbono, tejadilho em fibra de carbono, tampa do motor traseiro em fibra de carbono que obriga a um espelho retrovisor digital em fibra de carbono, assentos Sabelt em fibra de carbono, pegas das portas substituídas por tiras de tecido e até tiraram o sistema de escape ativo para poupar 1 quilo de peso.

A aerodinâmica foi melhorada no túnel de vento da equipa de Formula 1 recebendo um novo aileron traseiro, novas entradas de ar à frente, novo difusor aerodinâmico traseiro, novas saias laterais e fundo plano. No fim o apoio aerodinâmico traseiro aumentou em 27 quilogramas e aumentou à frente em 14 quilogramas, relativamente ao A110S com o pacote aerodinâmico opcional.


Relativamente ao A110S as molas são 10% mais rijas, os amortecedores ZF são reguláveis com 20 posições, as barras anti-rolamento são 10% mais rijas à frente e 25% atrás, e a distancia ao solo reduzida em 10 milímetros mas pode ser reduzida em mais 10 milímetros para a pista apenas. Os travões são Brembo com discos de 320 milímetros nas 4 rodas com novas condutas de arrefecimento. As magnificas jantes em fibra de carbono são calçadas de série com pneus específicos Michelin Cup 2 R 215/40 R18 à frente e 245/40 R18 atrás.

Tudo sumado é o A110 R acelera dos 0 aos 100 km\h em 3,9 segundos (0,3 segundos mais rápido que o A110 S) e atinge a velocidade máxima de 285 km\h (mais 12 km\h que o A110 S).


Mas com lançamento do A110 R, a Alpine apresentou uma série limitada de 32 exemplares a honrar o seu piloto de Formula 1 Fernando Alonso: o A110 R Fernando Alonso que conta com melhorias estéticas e de suspensões para se separar do A110 R.


Há algumas mudanças estéticas - recebe a mesma cor Racing Matte Blue do carro da Formula 1 mas cobre mais componentes que no A110 R, recebe aplicações em preto, pinças dos travões em laranja e a bandeira francesa no exterior é substituída por uma azul-laranja-amarela em honra a Fernando Alonso. Mecanicamente a suspensão é ainda mais ajustável que a do A110 R.







E porque 32 exemplares? Porque Fernando Alonso conseguiu vencer 32 grande prémios e no interior cada automóvel recebe uma placa comemorando essa vitoria incluindo o nome do circuito e o ano.
update 24-10-2022

0 comentários: