[update]Novo Mazda CX-60 apresentado

Depois do Austral temos mais um SUV hibrido - este é o novo Mazda CX-60, o novo topo de gama na Europa baseado numa plataforma completamente nova, estreando a sua primeira motorização hibrida plug-in e motores de 6 cilindros em linha a gasolina. Mas apesar do que pode parecer este modelo não partilha nada com os atuais SUVs que a marca japonesa vende cá.

Exteriormente parece um cruzamento do CX-50 com o Volvo XC90 e um pouco de F-Pace - temos uma nova evolução do design da Mazda "Kodo-Soul of Motion" com uma frente muito esculpida, faróis dianteiros em 2 partes na vertical separados pelas luzes diurnas LED em L e uma traseira muito agressiva.





É bastante diferente dos primos CX-30 e CX-5 - além do maior tamanho, devido à posição longitudinal do motor o habitáculo é empurrado para trás e o capot mais comprido e horizontal. Este CX-60 é baseado na nova plataforma Skyactiv Multi-Solution Scalable Architecture e ligeiramente maior que o atual CX-50 com 4,745 metros de comprimento dos quais 2,87 metros entre eixos, 1,89 metros de largura e 1,68 metros de altura. Basicamente é do tamanho de um Audi Q5 ou BMW X3, mas com um preço mais acessível. Terá 8 cores por onde escolher e 2 dimensões de jantes (18 e 20 polegadas.
O interior também tem novos detalhes que certamente devem filtrar para o resta da gama - um conjunto de instrumentos digital, um sistema multimédia com um ecrã de 12,3 polegadas e um head-up display 3 vezes maior que o do CX-30. Uma função interessante chamada "Driver Personalisation System" que usando uma camara no interior deteta a posição dos olhos e altura do condutor e ajusta automaticamente o assento, volante, head-up display e os espelhos retrovisores exteriores para a melhor posição. Tem um sistema de memória que permite armazenar as definições de varias condutores.



A mala é espaçosa - com os 5 lugares atinge 570 litros que pode ser aumentado para 1.148 litros rebatendo os assentos traseiros e se for como a minha esposa que só para quando a carga chega ao tejadilho poderá atingir 1.726 litros.

Na Europa teremos 3 escolhas de motores. A maior novidade é sem dúvida a primeira motorização hibrida plug-in da Mazda que combina o já conhecido 4 cilindros de 2.5 litros a gasolina SkyActiv-G do CX-5 a debitar 194 cavalos/141 kW e 261 Nm de binário com um motor elétrico de 136 cavalos e 250 Nm de binário alimentado por uma bateria de 17,8 kWh. Tudo somado e debita 327 cavalos e 500 Nm de binário, o Mazda de estrada mais potente de sempre, mais que suficiente para acelerado dos 0 aos 100 km\h em 5,8 segundos e atingir uma velocidade máxima (limitada) de 200 km\h. A bateria permite uma autonomia elétrica de 60 km demorando na tomada caseira 4 horas para carregar completamente. A Mazda anuncia consumos combinados WLTP de 1,5 l/100km com jantes de 18 polegadas e 1,6 l/100 km com as jantes de 20 polegadas.

Curioso que não usaram a tecnologia Skyactiv-X para este sistema PHEV - porque será?

As outras 2 opções, das quais a Mazda nada disse, são o novo 6 cilindros em linha de 3 litros a gasolina com um sistema hibrido ligeiro de 48 volts e-Skyactiv X e o 6 cilindros em linha diesel com um sistema hibrido ligeiro de 48 volts e-Skyactive D. 

O 6 cilindros em linha diesel de 3,3 litros Skyactiv-D debita 231 cavalos (entre as 4.000 e 4.200 rpm) e um binário de 500 Nm (entre as as 1.500 e 3.000 rpm). A versão e-Skyactiv D recebe um sistema hibrido ligeiro que puxa a potencia para 251 cavalos (às 3.750 rpm) e o binário passa para 550 Nm (entre as 1.500 a 2.400 rpm). Este motor estará acoplado a uma caixa automática de 8 velocidades.

Ainda faltam os detalhes da variante a gasolina, mas esse não deverá chegar cá de qualquer forma.

A Mazda prevê que as vendas sejam dois terços da versão PHEV.

Todos os Mazda CX-60 recebem uma nova caixa automática de 8 velocidades e o sistema AWD i-Activ com 5 modos de operação (Normal, Sport, Off-Road, Towing/Reboque e EV). A suspensão dianteira é de triângulos duplos e a traseira é multi-link permitindo um bom comportamento e trabalha com o Kinematic Posture Control que estabiliza o CX-60 em curvas rápidas travando a roda interior traseira para mitigar a inclinação da carroçaria.

Falando nas ajudas de condução o CX-60 vêm de série com o View Monitor 360º, Vehicle Exit Warning, Traffic Sign Recognition, Advanced Smart City Brake Assist, Rear Emergency Brake Assist, Lane Keeping Assist with Steering Assist, Drowsiness Detection, Lane-Keep Assist System, Blind Spot Monitoring, Rear Cross Traffic Alert, i-Adaptive Cruise Control, Hill Launch Assist e Emergency Stop Signaling System.

Este CX-60 dará origem a uma versão de 7 lugares denominada CX-80, aproveitando a mesma plataforma terá versões mais largas para os EUA designadas CX-70 e CX-90.


update 02-05-2022

0 comentários: