[update]Volkswagen ID.4 apresentado

Após uma longa campanha de teasing e a apresentação do primo da Skoda, a Volkswagen apresentou enfim o seu primeiro SUV 100% elétrico - este é o ID.4, o segundo elemento da família ID que deve ir de 1 a 7.

Exteriormente o design não é grande surpresa mantendo a maioria dos detalhes do concept ID Roomzz - tem um perfil algures entre uma carrinha, SUV e monovolume (um ID.3 mais espaçoso e pratico), a frente foi suavizada um pouco com entradas de ar falsas, não tem grelha dianteira mas o spoiler em forma de ninho de abelha sempre dá um ar desportivo e atrás recebe uma faixa luminosa a ligar os faróis traseiros com piscas dinâmicos. Gosto do detalhe do plástico em baixo da carroçaria que lhe dá um ar mais imponente - truque a que o recente Maserati MC20 também fez uso.

No interior o tablier é basicamente o do Volkswagen ID.3 com um tablier digital de 5.3 polegadas ID.Cockpit ao lado do ecrã de 10 polegadas (que pode atingir 12 polegadas de for para o Discover Pro Max com o pack opcional Statement) do sistema multimédia Discover Pro de série no alto do tablier. Simples, limpo e elegante.


Recebe as mesmas ajudas de condução como o Lane Assist, Front Assist, Side Assist, cruise control ativo, Emergency Assist, ajuda ao estacionamento e muitas outras.

Baseado na mesma plataforma MEB do ID.3 o Volkswagen ID.4 é bastante maior - é 32 centímetros mais comprido (com 4,58 metros de comprimento) e 4 centímetros mais alto que o ID.3. Em termos de SUVs da gama Volkswagen está próximo do Tiguan: relativamente a este o ID.4 é 11,7 centímetros mais curto, distancia entre eixo é 2,3 centímetros mais curta e é 4,8 centímetros mais baixo - mas mesmo sendo mais pequeno que o Tiguan tem o mesmo espaço de passageiros: 2.829 litros.





Em termos de capacidade de mala se o ID.3 ficava-se por 385 litros de mala o ID.4 tem 543 litros.
Vão haver duas séries especial de lançamento designadas "First" - a "First" terá jantes de 20 polegadas, assentos aquecidos, camara de estacionamento, ar condicionada bi-zona, cruise control activo, navegação e muito mais, já a "First Max" adiciona os faróis LED matrix, faróis traseiros 3D, jantes de 21 polegadas, suspensão ativa, tejadilho de vidro panorâmica, mala abertura elétrica, head-up display e mias ajudas à condução da lista de opcionais.

Usando a mesma plataforma usa também as mesmas mecânicas do ID.3 - o modelo mais acessível terá o motor atrás debitando 204 cavalos/150 kW e 309 Nm de binário alimentado por uma bateria de 82 kWh (77 kWh utilizáveis) permitindo uma autonomia de 520 km. Segue-se uma versão com 2 motores e tração integral com um total de 306 cavalos/225 kW e versões com maior capacidade de bateria.
update 26-10-2020

0 comentários: