[update]Novo Opel Corsa-e apresentado

Quando o grupo PSA adquiriu a Opel o desenvolvimento no novo Corsa já estava muito avançado mas teve que voltar à estaca zero para aproveitar a plataforma CMP já usada no DS 3 Crossback e no novo Peugeot 208 - incluindo aproveitar a versão eléctrica e-208: este é o novo Opel Corsa-e.
É bastante diferente dos primos PSA, particularmente no pilar C invertido e na pequena grelha dianteira - e a julgar pelas imagens deste Corsa-e a versão "convencional" deverá ser exactamente igual, só deverá ter jantes e logótipos específicos.

Relativamente à geração anterior é mais comprido (em 4 centímetros para 4,06 metros) e em largura (mais 1,8 centímetros para 1,728 metros) mas mais baixo (em 5 centímetros para 1,43 metros). É também mais leve, perdendo em média 108 quilogramas graças à plataforma CMP e o modelo mais leve deverá ficar-se pelos 980 quilogramas. Graças à mudança da plataforma a capacidade da mala passa de 285 para 309 litros.



O interior é moderno mas clássico, especialmente na posição de condução. Recebe um tablier especifico e o único componente PSA que consigo identificar é a manete de velocidades. Pode receber cruise-control activo, sistema multimédia com um ecrã de 7 ou 10,2 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto, farois LED Matrix, 3 modos de condução, painel de instrumentos digital e outras tecnologias.


Mecanicamente falando o Corsa-e usa exactamente a mesma do novo Peugeot e-208 - um motor eléctrico de 136 cavalos e 260 Nm de binário alimentado por uma bateria de 50 kWh, que permite uma autonomia WLTP de 330 quilómetros.

As versões convencionais vão ter debaixo do capot a gasolina o 3 cilindros de 1.2 litros PureTech com 75, 100 ou 130 cavalos, já a diesel apenas terá o 4 cilindros de 1.5 litros BlueHDi de 100 cavalos. Todos os motores recebem uma caixa manual de 6 velocidades com as versões a gasolina de 100 ou 130 cavalos a poderem, via opção, caixa automática de 8 velocidades EAT8.
Apresentação ao público em Frankfurt.


update 13-06-2019

0 comentários: