[update]Novo Peugeot 208 apresentado em detalhe

Depois do novo Renault Clio e da fuga de imagens da semana passada a Peugeot apresenta enfim todos os detalhes e mais imagens - e se o Clio parece uma evolução da geração anterior o novo 208 não segue o mesmo caminho: maior, linhas mais agressivas, interior moderno, tecnologia avançada e uma versão eléctrica.
E é um modelo completamente novo - baseado na na nova plataforma modular CMP consegue ser mais leve em 30 quilos mesmo sendo mais comprido mas mais baixo. A base do para-brisas recuou, tem os "ombros mais largos e a traseira é mais curvilínea ... sim, ainda estou a falar do carro! 

A nova geração troca as curvas do modelo anterior por linhas mais rectas e definidas que com as novas dimensões dão um ar mais agressivo. Há frente além da grande grelha bastante trabalhada recebe os faróis LED com luzes diurnas que recordam um tigre de dentes de sabre e atrás os faróis ligados por uma banda negra que incorpora os stops adicionais seguindo as linhas traçadas pelos 508 e 3008/5008.
A identificação de cada versão é feita no pilar C e nas variantes GT e GT Line (as fotos disponibilizadas são todas da variante GT Line) recebe alargadores de para-lamas em preto como no icónico 205 GTI. Infelizmente a versão 3 portas desaparece.

Revolução também no interior. Temos a ultima versão do i-cockpit, um volante mais moderno, o conjunto de instrumentos (que pode ser digital nas versões mais caras) está mais alto e o sistema multimédia pode ter ecrãs de 5, 7 ou 10 polegadas com as teclas de atalho em baixo. O e-208 GT recebe um interior especifico em Alcantara.

Recebe também uma grande quantidade de tecnologias como travão de mão eléctrico, carga de telemóveis por indução, cruise control activo que se for para a versão com caixa automática EAT8 pode ter função de filas de transito Stop e Go, ajuda à manutenção de fila, vigilância de ângulo morto, estacionamento 100% automático e outras.

Debaixo do capot, no lançamento pelo menos, a oferta vai ser familiar - a gasolina terá o 3 cilindros de 1.2 litros PureTech com 75 cavalos (atmosférico apenas com caixa manual de 5 velocidades), 100 (disponível com caixa manual de 6 velocidades ou automática EAT8) ou 130 cavalos com a caixa EAT8 (variantes turbo), já a diesel apenas terá o 4 cilindros de 1.5 litros BlueHDi de 100 cavalos acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades.

Mas a maior novidade é a versão 100% eléctrica e-208 que chega em 2020 - o novo Clio prefere o híbrido clássico. Uma curiosidade é que ao contrario do Renault ZOE que tenta demarcar-se do Clio, o Peugeot e-208 é quase idêntico ao 208 "clássico" - recebe a grelha na cor da carroçaria, detalhes em azul claro, um logo especifico no pilar C e não tem escape traseiro.





Recebe um motor eléctrico de 136 cavalos e 260 Nm de binário (mais que o Renault ZOE R110 e muito perto do actual Leaf) alimentado por uma bateria de 50 kW (com garantia de 8 anos ou 160 000 km) que permite uma autonomia WLTP de 340 quilómetros - mais 40 que o ZOE consegue, se bem que com uma bateria de 40 kW. Apesar de disponibilizar diferentes níveis de equipamento mecanicamente falado os e-208 vão ser todos iguais e relativamente a versão "clássica" da mesma potência 350 quilogramas mais pesada.

Baseado na plataforma e-CMP a bateria do e-208 está instalada no fundo do carro não prejudicando a habitabilidade ou capacidade da mala. Já os tempos de carga podem ser substanciais - numa tomada caseira standart demora 16 horas, 8 horas com uma normal Wallbox de 7,4 kW, 5 horas com uma Wallbox de 11 kW e se encontrar um ponto de carga rápido de 100kW conseguira carregar em apenas 30 minutos.

A Peugeot conseguiu ser inteligente com a construção - relativamente à plataforma CMP das versões clássicas na e-CMP a PSA apenas retirou o escape, tanque de combustível e desenhou uma suspensão traseira especifica para conseguir instalar a bateria. Segundo uma entrevista a Rémi Seimpere que dirigiu o projeto desta plataforma pouco mais foi feito - algo que deve assegurar um custo de produção acessível.




Mais adiante, provavelmente no salão de Frankfurt, devemos ter a variante SUV deste novo 208 - o próximo Peugeot 2008 vai herdar a mesma plataforma e motorizações, incluindo a variante eléctrica.


update 26-02-2019

0 comentários: