[update]Pininfarina Battista - 1.900 cavalos electrizantes

Como já aqui tínhamos referido a Pininfarina queria dar o salto de "apenas" um gabinete de design para um construtor automóvel independente - tem vários projetos na manga mas como é sempre boa ideia fazer uma bela entrada na festa a Pininfarina fez questão que o seu primeiro modelo fosse um hipercarro capaz de esmurrar o Bugatti Chiron. E tem tanta confiança no seu produto que lhe deram o nome do seu fundador: este é o Battista.

Sóbrio, elegante em fibra de carbono como seria de esperar de um produto Pininfarina - mesmo com aquela faixa luminosa que une os faróis dianteiros.



É movido por 4 motores eléctricos debitando um total de 1.900 cavalos e 2.300 Nm de binário alimentados por uma enorme bateria de 120 kWh fornecida pela Rimac - acelerando a fundo o Battista não sai do sítio porque a Terra começa a rodar rapidamente na direção oposta. Se manter a calma além de manter a Terra a rodar no sentido certo conseguira percorrer 450 quilómetros de estrada.

Mas se não estiver interessado em preservar o movimento planetário do sistema solar então saiba que o Pininfarina Battista acelera dos 0 aos 100 km/h em menos de 2 segundos, atinge os 300 km\h em menos de 12 segundos e atinge mais de 350 km/h de velocidade máxima.

As vendas arrancam em 2020 e só vão ser produzidos 150 exemplares - a Pininfarina não diz fala de preços mas mais de 2 milhões de euros de certeza vai custar.


update 20-03-2019

0 comentários: