[update video]Hyundai Kauai apresentado

E ao fim de bastante teasing e gargalhadas pela escolha do nome temos enfim um pequeno SUV - o Hyundai Kauai. Com 4.17 metros de comprimento terá pela frente os Nissan Juke, Renault Captur, Peugeot 2008, Opel Mokka X, Crossland X, entre outros que vão até lá chegar ao mercado (a lista cresce rapidamente) - mais adiante chegara o primo Kia Stonic, que vai ser apresentado no salão de Frankfurt, baseado na mecânica do Kauai.

O 4º SUV da gama Hyundai é visualmente é atraente mas curioso - não segue propriamente o design dos restantes modelos da gama. Tem a grelha dianteira hexagonal e os faróis traseiros inspirados nos outros modelos, mas recebe a mesma iluminação dianteira em 2 andares tal como os Citroen atuais.


O perfil é bastante dramático e o design em si bastante sofisticado com o tejadilho "flutuante" que pode ter uma cor diferente da carroçaria. Atrás temos faróis LED, arrisco muito inspirados nos Alfa Romeo.

O interior é simples e bem organizado, com o tablier dividido em 2 partes pelo ecrã do sistema de multimédia "flutuante" com os comandos da ventilação e ar condicionado por debaixo. Parece simples e ergonómica.
Em termos de tecnologias disponíveis podemos contar com um sistema multimédia com um ecrã tactil (que pode ter 5, 7 ou 8 polegadas), travagem automática de emergência com detecção de peões, ajuda à manutenção na faixa de rodagem, carregamento de telemóveis sem fios e muitas outras.

É baseado numa nova plataforma compacta B-SUV com um chão específico que com uma suspensão traseira independente compacta permite ter a tração integral com um pequeno túnel de transmissão a atravessar a cabine maximizando o espaço interior. A suspensão dianteira é MacPherson e atrás terá, dependendo se é 4WD ou não, 2 possibilidades de suspensão independente - o acerto foi feito para as estradas europeias pelo departamento alemão da Hyundai. Terá 3 modos de condução - Sports, Normal e Eco.

Debaixo do capot a gama arranca, a gasolina, com o 3 cilindros turbo de 1 litro T-GDI com 120 cavalos acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades e conta também com um 4 cilindros turbo de 1.6 litros T-GDI com 177 cavalos associado à uma caixa de dupla embraiagem e tração integral. A diesel terá o já conhecido 4 cilindros de 1.6 litros CRDi com 115 ou 133 cavalos. Mecanicamente este Kauai tem uma vantagem - nos motores mais potentes pode ter tração integral, ao contrario de quase todos os rivais que são de tração dianteira apenas.
Em 2018 está prevista uma versão eléctrica e até com uma pilha de hidrogénio!


update 20-10-2017

0 comentários:

"