[update video]Citroën C3 Aircross apresentado

Adeus Citroen C3 Picasso foi bom enquanto durou, mas o mercado quer SUVs e SUVs é o que terá (se bem que este mantém alguma da modularidade) - este é o citroen C3 Aircross.
Anunciado pelo concept C-Aircross apresentado em Março passado no salão automóvel de Genebra, a versão de série mantém a maior parte do design do concept - sim, perdeu as portas de abertura opostas, as câmaras ao invés dos espelhos retrovisores e os faróis traseiros são diferentes mas manteve aquele pilar traseiro tipo persiana veneziana muito curioso...será que diminui a visibilidade para trás?

A frente é a do novo C3 com um para-choques maior e aquele spoiler metalizado, recebe alargadores de para-lamas em plástico, suspensão elevada combina com as barras no tejadilho, protecções de carroçaria dianteiros e traseiros pintados de alumínio....MAS ONDE RAIO ESTÃO OS AIRBUMPS?! Será um opção? Afinal os C3, C4 Cactus e C5 Aircross recebem airbumps mas este C3 Aircross não?!

Tal como o C3 normal terá muitas possibilidades de personalização (Airbumps quem sabe?) com 8 cores de carroçaria, 4 cores de tejadilho, 4 packs de cores e antes de 16 a 17 polegadas.
O interior infelizmente não tem nada a ver com o concept, basicamente uma versão do interior do C3 normal com detalhes do interior do C5 Aircross. Mantém alguma da modularidade como o assento traseiro deslizavel em 2 partes independentes e o banco do passageiro dianteiro cujas costas dobram completamente para o transporte de objetos longos. Com a assento traseiro deslizavel a capacidade da mala varia entre 410 e 520 litros - o que é mais 200 litros que o Nissan Juke!
A Citroen assegura que graças ao seu "Advanced Comfort Program" (assentos mais espessos, melhor insonorização e suspensão mais confortável) o C3 Aircross será consideravelmente mais confortável.

A nível de equipamento recebe um sistema de visão alta (HUD), carregar de telemóveis sem fios, sistema multimédia com ecrã táctil de 7 polegadas compatível Apple CarPlay, Android Auto e MirrorLink, navegação 3D com os TomTom Connected Services, chamada de emergência e um grande tejadilho panorâmico.

Baseado, tal como o seu primo Opel Crossland X, na plataforma do Peugeot 2008 e terá debaixo do capot a gasolina o 3 cilindros de 1.2 litros PureTech atmosférico (com 82 cavalos) ou turbo (com 110 ou 130 cavalos - ambos disponíveis com caixa manual de 6 velocidades ou automática EAT6). A diesel terá inicialmente o 1.6 litros BlueHDi com 100 ou 120 cavalos (apenas com caixa manual de 6 velocidades) que será mais adiante substituído pelo novo 1.5 litros BlueHDi. A tração será apenas dianteira, mas poderá receber o hill descent do 3008 e o Grip Control do 2008.

Gostou? Vendas arrancam no Outono.


update 26-07-2017

0 comentários:

"