Mercedes muda sistema de nomes

Começou como um rumor no Salão de Paris e é agora confirmado pela Mercedes - a nomenclatura da gama vai começar a mudar em 2015. A ideia é tornar mais compreensivel a gama e criar uma ligação entre os vários modelos - a gama tem crescido e as designações têm andado um pouco por todo o lado. Tal como a BMW, a gama cresce há que reorganizar. A nova estrutura de nomes abrange o modelo, formato e motor.

O novo sistema roda em torno do denominador dos modelos principais Classe A, B, C, E e S, com a diferenciação a ser com caracteres acrescentados antes e depois.

A referencia do motor vem aseguir, é indicado na mala por uma letra minúscula:
- c para motores a gas natural comprimido
- d para diesel (antes BlueTec ou CDI)
- e para eléctrico (antes Plug-In Hybrid, BlueTec Plug-In e Electric Drive/ED)
- f para célula de combustível
- h para híbrido (antes Hybrid e BlueTec Hybrid)
- motores a gasolina não recebem letra e os tracção integral continuam a ser os 4MATIC.

Complicando um pouco mais as coisas...
SUV - são os primeiros a mudar já em 2015. Todos recebem as letras GL antes da letra do modelo. Ou seja:
- o concept G-code anuncia o GLA : um SUV do Classe A
- o actual GLK vira o GLC : um SUV do Classe C
- o actual ML vira o GLE : um SUV do Classe E
- o rival ao X6 será o GLE Coupé : um SUV baseado no Classe E Coupé
- o actual GL vira o GLS : um SUV do Classe S
- o actual G ... continua a ser apenas o G

Coupés de 4 portas - estes recebem as letras CL à frente do modelo: do CLA ao CLS

Roadsters - mudam em 2016 e recebem as iniciais SL, o que significa que o SLK passará a ser o SLC e o SL mantêm-se o SL.

AMG - deverá manter o seu sistema.

0 comentários:

"