[update]Novo Volvo EX90 apresentado

Enfim acabou o doloroso e interminável teasing para a apresentação do novo EX90 - até ao ultimo momento durou, incluindo uma versão soft jazz do "Dont stop me now" dos Queen! Mas rejubilemos ao quadrado, pelo fim do teasing e um novo Volvo - o primeiro no caminho da marca sueca para a eletrificação e substituindo o XC90. Não parece mas o XC90 já está cá desde 2016 e foi um modelo que definiu o design, interior e exterior, para o resto da gama. Este EX90 (E de elétrico obviamente) terá o mesmo impacto nos próximos modelos - o próximo é o EX30 que deverá chegar no outono de 2023.

É evolução por fora com a revolução debaixo do metal - continua a parecer um XC90. É o inicio de uma nova era mas exteriormente continua a parecer um Volvo XC90 mas mais aerodinâmico tomando alguns dos pormenores do concept Volvo Recharge. À frente temos uma grelha fechada plana semelhante a do XC40 elétrico e uma nova versão da assinatura luminosa Thors Hammer nos faróis agora matriciais. O perfil pouco muda, parecendo um XC90 alongado. Atrás temos os farois divididos em 2 partes: uma vertical que recorda uma versão moderna dos farois verticais do 850 carrinha a enquadrarem o vidro traseiro e a luzes inferiores que delimitam a largura do carro. A ideia é sublinhar as dimensões que o separam como um SUV.







Se o XC90 era grande, o EX90 é ainda maior - mais 12 centímetros de comprimento para 5,04 metros, mas mantem a distancia entre eixos de 2,98 metros e perde 4 centímetros de altura (para 1,74 metros) mesmo com a capsula em cima do para-brisas para o sistema Lidar.

No interior parece que a Volvo optou por seguir o interior da Polestar - limpo, simples, minimalista sem qualquer botão em torno do ecrã de 15 polegadas do sistema multimédia (alimentado por uma cpu Qualcomm a correr o motor gráfico Unreal Engine) a correr Android Auto que domina o tablier. Descansem fãs da Apple porque é compatível com o Apple CarPlay sem fios. O condutor recebe um conjunto de instrumentos digital de 8 polegadas sem a habitual cobertura ou rebordo, e as saídas de ventilação à frente são agora integradas numa abertura que percorre todo o tablier e o sistema áudio é da Bowers e Wilkinson com Dolby Atmos.



Sendo um Volvo a segurança é dos principais pilares - o EX90 trás para a estrada o sistema do concept Polestar Precept que recorre a sensores de Lidar, camaras e radar (instalados por cima do para-brisas) alimentado por um sistema Drive da Nvidia a correr software da Volvo.

Mecanicamente o EX90 estará inicialmente disponível em 2 versões, ambas com a mesma bateria de 111kWh a alimentarem 2 motores elétricos (um por eixo): o Recharge Twin com 408 cavalos e 770 Nm de binário e o Recharge Twin Performance com 517 cavalos e 910 Nm de binário. Ambas as versões estão limitadas a 180 km\h, ambas têm uma autonomia WLTP a volta dos 600 quilómetros, mas separadas pela aceleração dos 0 aos 100 km\h: 5,9 segundos para a versão 408 cavalos e 4,9 segundos para a versão de 517 cavalos.

Quer um Volvo EX90? No lançamento o EX90 apenas estará disponível no nível de equipamento mais elevado Ultra e vendas arrancam na primavera de 2023.
update 15-11-2022

0 comentários: