Novo McLaren Elva apresentado

Se a McLaren apresentar uma versão S deste novo Elva a apresentação será feita em Badajoz...tentativa fraca a humor, eu sei - este é o McLaren Elva, uma homenagem aos Elva M1A, M1B e M1C criados por Bruce McLaren nos anos 60. E antes que diga, não este Elva não é mais um track-day car para ricos - é um carro de estrada para ricos sem grande amor ao couro cabeludo.
Por fora o Elva parece o filho bastardo resultante de uma noite tórrida entre o Ferrari SP1 com o McLaren 720S – algo que a McLaren nega juntamente com o facto que pode colocar os escalpes dos clientes em risco. 

Pode ser reduzido a uma versão barchetta do McLaren Senna - por fora (sem tejadilho, vidros laterais ou para-brisas) e por dentro (onde até os assentos são em fibra de carbono com 2 ecrãs - um para o conjunto de instrumentos e outros para o sistema multimédia)
Para proteger os ocupantes entra o Active Air Management System que, usando a grande entrada de ar no capot dianteiro, desvia o ar em volta do habitáculo reduzindo a turbulência.


Atrás continua o V8 biturbo de 4.0 litros da McLaren aqui puxada a 815 cavalos debitados no eixo traseiro via a já conhecida caixa de dupla embraiagem de 7 velocidades. Para garantir que aprecia a experiência "al fresco" o Elva recebe um escape especifico em titânio e Inconel. Ainda atrás recebe um aileron activo que trabalha em conjunto com o extrator traseiro para tentar manter o Elva colado na estrada.

A McLaren não deu muitos números acerca deste novo Elva excepto que vai dos 0 aos 100 km/h em menos de 3 segundos e atinge os 200 km/h ao fim de 6,7 segundos.

Um rival ao recente Ferrari SP1, apenas vão ser produzidos 399 exemplares deste Elva a 1.709.244 euros cada...mais qualquer personalização que pedir claro - se quer um para o Natal é bom que se despache.

0 comentários: