[update]Novo Toyota Yaris 4 apresentado

Os novos citadinos continuam a chegar - depois dos novos Renault Clio e Peugeot 208, e enquanto esperamos pelo novo Honda Jazz temos um completamente novo Toyota Yaris. Nova plataforma, novo design exterior e interior, novos motores, nova bateria - faz grande ou vai para casa. O modelo atual já tem 8 anos mas será esta nova geração capaz de se intrometer entre os lideres?
É definitivamente uma bela máquina, mais baixa e larga que as gerações anteriores - a frente esta em linha com o resto da gama, com a grelha dianteira de grandes dimensões e cavas das rodas proeminentes a darem um aspeto dinâmico. 

Já o perfil e traseira são claramente inspiradas no C-HR. Muito mais audaz que antes - e pode ainda ir mais longe com pintura bi-color, faróis LED e jantes até 17 polegadas.
Baseado numa nova plataforma designada GA-B baseada na TNGA (Toyota New Global Architecture): o Prius, C-HR, Corolla usa a variante GA-C, o RAV4 e Camry usam a GA-K e agora o Yaris chega com a GA-B. Esta plataforma permite diferentes suspensões traseiras e diferentes distancias entre eixos - ou seja, um pequeno SUV poderá estar nas cartas. A rigidez torcional aumentou em 35% mas é 20 quilogramas mais leve o que permite suspensão menos rígida melhorando o conforto.
Esta 4ª geração é mais curta que a anterior: com 3,95 metros de comprimento tem menos 5 milímetros que o Yaris 3 - nesta categoria quase todos já ultrapassaram a barreira dos 4 metros. Mas é mais largo em 5 centímetros, mais baixo em 4 centímetros para 1,47 metros e as vias foram alargadas em 5,7 centímetros.
O interior é completamente novo, inspirado no C-HR - moderno com o ecrã tactil (7 ou 8 polegadas) do sistema multimédia compatível com Android Auto e Apple CarPlay no alto do tablier e pode receber um conjunto de instrumentos digital. Recebe de série airbag central que em caso de acidente separa os passageiros dianteiros para não colidirem, pode receber um sistema de manutenção de faixa de rodagem, vigilância de ângulos mortos, travagem automática de emergência, cruise control activo e um sistema de head-up display.

Dá para notar a melhoria de qualidade com plásticos de melhor aspecto - será interessante ver se a Toyota ira oferecer alguma cor e personalização no interior. Segundo a Toyota há mais espaço interior para os passageiros dianteiros e traseiros - se bem que o formato das portas traseiras inspiradas no SUV C-HR são capazes de dificultar o acesso e visão para fora.

Debaixo do capot temos uma nova motorização híbrida que segundo a Toyota deverá representar 80% das vendas - pegaram no 4 cilindros de 2 litros e tiraram um cilindro para fazer um motor de 3 cilindros de 1.5 litros com 91 cavalos. Este motor será também vendido como não híbrido, mas na versão híbrida recebe a ajuda de um motor eléctrico de 80 cavalos alimentado por uma bateria de lítio via uma caixa CVT para um total de 115 cavalos. A transição para uma bateria de lítio, escondida debaixo dos assentos traseiros, permitiu a redução do peso de 23% relativamente à bateria da anterior geração.

Além do 3 cilindros de 1.5 litros (simples e híbrido) disponível com caixa manual de 6 velocidades ou CVT o novo Yaris também terá uma versão melhorada do actual 3 cilindros de 1 litro com caixa manual de 5 velocidades com cerca de 70 cavalos.

Curiosamente, apresentado agora e produzido para a Europa em França o novo Yaris 4 só vai chegar aos concessionários daqui a 1 ano - ou a Toyota faz boas promoções ou arrisca a que as vendas do Yaris 3 afundem a curto prazo. Não esquecer que neste período deverá chegar o novo Honda Jazz que terá, tal com este Yaris, uma motorização híbrida com um motor de 1.5 litros.
update 08-11-2019

0 comentários: