Peugeot 508 e 3008 Hybrid apresentados

Os híbridos estão de volta a Peugeot e apartir do verão 2019 regressam os 508 e 3008 híbridos mas bastante diferentes dos que conhecíamos.

Sai o 2.0 litros HDi que é substituído pelo já conhecido 1.6 litros PureTech turbo a gasolina e deixa de estar acoplado a uma caixa robotizada passando a ser usada a caixa EAT8 com uma embraiagem multi-discos. Além de permitir maior distancias em modo 100% eléctrico poderá carregar a bateria numa tomada.

Mas estes 2 novos aplicam a tecnologia híbrida de forma diferente - enquanto este novo 3008 Hybrid terá tração integral graças a um segundo motor eléctrico no eixo traseiro, o 508 Hybrid é de apenas tração dianteira utilizando o sistema apresentado pelo concept C5 Aircross PHEV.
O 508 Hybrid, disponível em carrinha e sedan, terá um motor eléctrico de 110 cavalos/80kW alimentado por uma bateria de 11,8 kW acoplado ao motor de 1.6 litros que debita 180 cavalos, para um total de 225 cavalos apenas no eixo dianteiro. Já no 3008 Hybrid o mesmo motor de combustão debita 200 cavalos perfazendo com ambos motores eléctricos (110 cavalos/80kW cada) um máximo de 300 cavalos - para alimentar 2 motores eléctricos a bateria é também maior: 13.2 kWh. O 508 Hybrid terá uma autonomia eléctrica mais curta (40 km contra 50 do 3008 Hybrid) mas não perde capacidade de mala, os tempos de carga vão ser mais curtos e o preço deverá ser bastante inferior que o do 3008.

Relativamente aos tempos de carga a Peugeot indicou valores mas não precisou de que modelo se tratava - numa tomada normal (3.3 kW, 8A) demora até 7 horas, com um carregador de 3.3 kW 14A passa para 4 horas e se for para a wallbox de 6.6 kW 32A demora no máximo 1 hora e 45 minutos.

0 comentários:

"