[update videos]Novo Ford Focus apresentado

Eis a quarta geração do Ford Focus - 20 anos depois do primeiro Focus e 7 anos de carreira da geração atual temos agora uma geração completamente nova, apresentada em todas as variantes de uma só vez: 5 portas, carrinha e crossover Active. Nova plataforma, novo design, novo interior, motores e tecnologias - ao contrario do novo Fiesta, este novo Focus é mesmo todo novo.
É um lançamento importante - o Focus é, a seguir à Ford F150, o modelo mais vendido a nível mundial. Disponível com 5 portas (hatchback e carrinha) e 4 portas em alguns mercados, é baseado numa nova plataforma modular chamada C2 (que ira surgir em futuros modelos como o próxima Kuga) tem uma maior distancia entre eixos (mais 53 milímetros) empurrando as rodas para as extremidades (melhora a habitabilidade interior - também ajudada pelo empurrar o tablier para à frente 10 centímetros), a altura diminui 3 centímetros, o comprimento total na versão de 5 portas cresce 2 centímetros (4,36 para 4,38 metros) se bem que a carrinha cresce mais (4,56 para 4,67 metros). Para versões comparáveis há uma redução entre 55 a 88 quilogramas nesta nova geração.


É definitivamente mais desportivo e musculado. Os faróis envolventes à frente e atrás fazem-no parecer mais baixo e mais largo, especialmente com as novas nervuras e curvas (especialmente no capot). É fácil de notar as novas opticas dianteiras (com um pouco Volvo diga-se de passagem) e traseiras (um pouco Fiat Tipo). Pelas imagens dá para perceber que a Ford tentou diferenciar o mais possível as diferentes versões (em particular as Active e Vignale).

Também teremos a versão ST-Line com aspecto desportivo (que inclui suspensão mais baixa em 10 milímetros, jantes especificas, aileron traseiro e escape duplo), mais adiante a versão desportiva ST e RS que se adivinha mais radical. 



Não se pode deixar de notar a nova versão crossover Focus Active com uma suspensão elevada em 30 milímetros, barras no tejadilho, protecções de carroçaria de plástico, tejadilho e espelhos retrovisores em preto. No interior recebe tecidos e acabamentos específicos.



O interior corta completamente com o anterior geração. O tablier é inspirado no do novo Fiesta mais convencional que o anterior, se bem que talvez ainda com botões a mais no volante.


Recebe um grande ecrã tactil por cima dos arejadores (antes era incorporado no tablier) que poderá ser complementado por um sistema de projecção de informação na visão do condutor - mas as tecnologias não acabam aqui: terá um sistema de escolha de modos de condução, suspensão pilotada, faróis ativos via informação de uma camara, estacionamento automático, cruise control ativo capaz de gerir filas de transito, carga de telemóveis sem fios e outras.

Na versão com caixa automática recebe um comando rotativo como a Jaguar usa.

Será possível escolher entre 3 modos de condução - Eco, Normal e Sport modes. Estes alteram a configuração do acelerador, direção, comportamento da caixa automática e cruise control.



Debaixo do capot a gasolina temos um 3 cilindros de 1 litro EcoBoost a gasolina disponível com 85, 100 e 125 cavalos, e o 3 cilindros de 1.5 litros de 150 ou 182 cavalos substituindo o anterior 4 cilindros da mesma capacidade - ambos com a possibilidade da desativação de 1 cilindro. A diesel terá o 1.5 litros EcoBlue com 95 e 120 cavalos, e o 2.0 litros EcoBlue de 150 cavalos. Outra novidade é que desaparece a caixa de dupla embraiagem - as versões mais acessiveis vão preferir a caixa manual de 6 velocidades e podera ter uma automática clássica de 8 velocidades. Esta geração promete ser 12% mais eficiente que a geração anterior, particularmente com a caixa automática. Todos os novos Focus vão ser de tração dianteira e pelas fotos disponíveis não há um tunel de transmissão para o eixo traseiro - e o RS? É possível que a Ford modifique a plataforma para esse modelo de baixa produção em particular, tal como a Audi faz com o S1. Outra possibilidade é que a transmissão para o eixo traseiro é feita por um sistema eléctrico - a GKN que fornece a transmissão para o atual RS esta a desenvolver o eTwinsterX, um sistema de suspensão traseira que inclui um motor eléctrico com 2 velocidades que aumenta a utilidade do motor e torque vectoring no mesmo eixo com apenas 1 motor. Yup, podemos ter um RS hibrido no futuro.

As versões com os motores de 1.5 litros a gasolina e 2 litros diesel, carrinha e Vignale, recebem um eixo traseiro SLA semelhante ao do Fiesta ST. Estes podem receber em opção o sistema de suspensão ativa Continuously Controlled Damping (CCD) capaz de variar a cada 2 milissegundos conforme a condução e estado da estrada - se a roda da frente sentir uma imperfeição preapra a roda traseira para o que se avizinha. Este sistema tem 3 configurações possíveis: Eco, Normal e Comfort, e acrescenta ao 2 configurações adicionais à configuração de condução do Focus: Comfort e Eco-Comfort. Os modelos com o 1 litros gasolina e 1.5 diesel recebem um sistema mais simples e menos dinâmico sem opção CCD.



update 19-09-2018

0 comentários:

"