[update videos]Novo Land Rover Discovery apresentado

Eis a 5ª geração do Land-Rover Discovery (o atual modelo data de 2009) com novas linhas, nova mecânica mas ao mesmo tempo igual a si mesmo: enorme (5 por 2 metros), 7 lugares, confortável e capaz de ir a qualquer lado.
O design quadradão é substituído por uma versão aumentada do Discovery Sport, seguindo as linhas do Evoque que têm inspirado todos os mais recentes modelos. Apenas fica o tejadilho ligeiramente levantado atrás (para ser possível sentar adultos na ultima fila de assentos) e aquele pilar C inclinado - tirando isso nada resta do velho modelo.

E sim, é enorme: 4,97 metros de comprimento (antes 4.83 metros) por 2,10 metros de largura (com os espelhos rebatidos - 2,22 metros se contar os espelhos) e 1.85 metros de altura - antes de comprar um meça a sua garagem. E verifique se o chão da garagem é resistente: o novo modelo abandona o chassis duplo pela plataforma em alumínio do novo Range Rover que permite cortar 480 quilogramas do peso total(o corte vem um pouco de todo o lado: do novo chassis monocoque que é 83% alumínio, escape simplificado, novo design de assentos, novos pneus, jantes e transmissões), mas mesmo assim pesa vazio 2.1 toneladas.
Tem mais espaço interior graças à maior distancia entre eixos (mais 38 milímetros para 2,92 metros) permitindo o transporte de 7 passageiros adultos. Curiosidade: tem 9 tomadas USB, 6 tomadas de 12 volts no interior e algo chamado "Intelligent Seat Fold". Além poder mover os assentos da segunda e terceira fila via o sistema multimédia ou um painel de controlo atrás pode-o fazer também via smartphone. Ou seja, imagine que está no supermercado e resolve trazer mais pessoas consigo e poderá reconfigurar os assentos antes de chegar ao carro.


Mas apesar do tamanho, peso e tecnologia a Land Rover assegura que o novo Discovery conseguirá atravessar os mais difíceis terrenos - distancia ao solo de 28,3 centímetros, ângulo de aproximação é de 34º e o de saída 30º, 50 cm de curso de suspensão (a suspensão a ar é capaz de descer 60 milímetros para ajudar a cargas e subir 75 milímetros) e atravessa rios com profundidade até 90 centímetros (mais 20 centímetros que antes). A tração continua integral com uma distribuição 50/50, com opção caixa de transferência e recebe a mais recente versão dos sistemas All Terrain Progress Control e Terrain Response, que complementam os Hill Descent Control, Gradient Release Control, Roll Stability Control e o Wade Sensing.
Debaixo do capot terá a diesel o TD4 de 180 cavalos, o 2 litros SD4 Ingenium de 240 cavalos e o V6 Si6 de 258 cavalos (mais 2 cavalos que anterior), e a gasolina apenas estará disponível o V6 de 3.0 litros de 340 cavalos - todos associados à caixa automático de 8 velocidades de origem ZF com seletores no volante.

0 comentários:

"