Novo Toyota Prius - dados técnicos

Já passou um mês desde que a Toyota apresentou o novo Toyota Prius, mas só agora temos os dados técnicos oficiais e a Toyota anuncia que esta nova geração é pelo menos 10% mais económico que a anterior.

Esta 4ª geração estreia a nova plataforma modular da Toyota chamada "Toyota New Global Architecture" ou TNGA. Relativamente à geração anterior é 60% mais rígido graças à nova estrutura, nova técnica de soldagem, adesivos e maior uso de aço de maior qualidade. Para uma condução mais precisa o antigo eixo de torsão traseiro é trocado por um sistema independente mais eficiente mas mais dispendiosa. Mais adiante poderá ter uma versão de tração integral chamada E-Four com um motor elétrico no eixo traseiro.

É motorizado por uma versão revista do 4 cilindros atmosférico de 1,8 litros VVT-i da anterior geração. Este "novo" motor oferece uma eficiência térmica de 40% que é próxima a de um motor diesel (ou seja desperdiça menos energia sob a forma de calor) graças a um sistema de arrefecimento que reduz o fluxo da refrigeração para acelerar o aquecimento do motor e usa oleo de baixa viscosidade para reduzir os atritos. Os pistões e admissão de ar foram redesenhadas e o volume de gas de escape recirculado foi aumentado. Debita 97 cavalos/72kW às 5.200 rpm e 142 Nm de binário às 3.600rpm e é ajudado por um motor eletrifico de 73 cavalos/53kW e 163Nm de binário. A Toyota reviu a caixa de transferência e a unidade de controlo conseguiu reduzir as perdas por atrito em ambos os componentes em quase 20%.

Recebe uma bateria de níquel NiMh (mesmo design da actual mas com maior densidade de energia) ou de lítio (para as versões plugin e Prius Plus provavelmente) que está agora debaixo dos assentos permitindo melhorar a capacidade da mala que atinge 502 litros.

O "peculiar" design do novo Prius permite um coeficiente aerodinâmico de 0.24 melhorando o valor de 0.25 da geração anterior. A grelha dianteira recebe aletas activas que abrem e fecham conforme a temperatura exterior melhorando a aerodinâmica.

No interior também foi alvo de melhorias em nome da eficiência. Um novo sistema de ar condicionado inteligente é capaz de detectar se há passageiros no banco traseiro ou dianteiro e corta o fluxo de ar para esses lugares. Apesar de ser 20 milímetros mais baixo o design do tejadilho há mais espaço para cabeças e a capacidade da mala cresceu 56 litros para 502 litros. Recebe assentos mais confortáveis, um sistema multimédia com um ecrã táctil de 4.2 polegadas e um head-up display a cores.


Este novo Prius mostra também que a Toyota está a tentar apanhar a concorrência no que toca a tecnologias de ajuda à condução - em particular o Toyota Safety Sense (que é capaz de identificar veículos e peões e travar se necessário) e o Intelligent Parking Assist (que ajuda a estacionar). Recebe também um novo sistema hidráulico de travagem para melhorar a sensação e transição entre travagem mecânica e regeneração.

Tudo isto somado, e segundo o ciclo de homologação japonês JC08, o novo Toyota Prius tem um consumo médio de 2,5 l/100 km. Para referencia, o anterior Prius faz 32.6 quilómetros com 1 litro de combustível e esta nova geração faz 40 quilómetros com 1 litro de combustível.

0 comentários:

"