Tecnologia desnecessária do dia

Se há coisa que admiro no ser humano é que qualquer que seja o desafio, por mais impossível que possa parecer, somos capazes de nos sentar e conseguir - fomos à lua, desenvolvemos medicamentos, somos capazes de imprimir peças sintéticas para substituir partes do nosso corpo! O limite do que é possível é o limite da nossa imaginação - então porquê o actual fascínio com o traseiro humano?!
É um cu, nem cães são tão fixados em cus! Já viram a quantidade de atenção, comentários, música e poesia feita em adoração ao cu humano?! Tivemos a Citroen com o seu assento que dava um rufar na nagueda respectiva conforme o lado em que saímos da faixa de rodagem (sim, era possível fechar os olhos e conduzir pelas suas nádegas. 
Mas eis que agora pode criar o seu próprio ritmo/música usando...sim, o seu traseiro! Cortesia do pessoal da AIAIAI, que em parceria com o músico português Branko (sim, há mão tuga nessa "área") e a bailarina profissional Twerk Queen Louise, criou a possibilidade de gerar música com as suas nádegas!

Podemos dedicar a nossa atenção a algo útil - como devolver o Bloco de Esquerda à dimensão paralela de que vieram?

0 comentários:

"