Fiat aberta a "combinação" com GM ou Ford

Depois de ter anunciado que desistia de lutar pela Europa Sergio Marchionne veio dizer que estava aberto para uma cooperação técnica com a General Motors ou Ford. 

A ideia é partilhar os custos de desenvolvimento novos automóveis e tecnologias bem como a compra de componentes em maior volume. Sergio diz que tem um parceiro em mente, assegura que não é a VW (com quem já andou às turras) mas que "não se importava" de trabalhar com a GM ou Ford... 

Sinceramente só posso dizer - tás passado ò Sérgio?! Até hoje nenhuma parceria com um construtor automóvel americano correu bem e que tentou saiu bem queimado - Renault, PSA, Saab, Volvo, Mazda, Mercedes, Aston Martin, Jaguar vêem-me à memoria mas há mais. Mas mesmo com este historial de apenas fracassos a Fiat acha que consegue? Não seria mais facil associar-se com a Mazda por exemplo? Já estão a desenvolver o Fiat 124 spider com base no novo MX-5 e a Mazda precisa de um parceiro já que está sozinha desde que a Ford os largou que nem roupa velha...

0 comentários:

"