BMW no Salão Automóvel de Paris

O expositor da marca alemã estava muito bem organizado. Numa ponta do stand da BMW (BM-Double V como dizem os franceses) tinha-mos os mais recentes BMW M - o M5 apenas acessível a convidados num plataforma e por baixo dele o novo M4.
 
 Era preciso esperar um pouco e ser pedir "por favor" ao segurança mas lá consegui sentar-me ao volante do BMW M4.





 
 e o que nos vem à cabeça quando ali estamos e olhamos pelo para-brisas? Apetece dizer "saiam da frente que vou passar!"
 
Ao centro estava porem a grande estrela e uma das minhas maiores curiosidades - o novo BMW Série 2 Active Tourer, o primeiro BMW tracção dianteira e mono-volume.








 
E sinceramente não duvido que este modelo vai-se vender muito bem - há muito que o principal público da marca alemã deixou de ser os "doentes" da marca e este modelo é muito bem concebido por fora e por dentro, bem proporcionado, com bons materiais se bem que para não receber a etiqueta de mono-volume não tem aquela modularidade que esperamos.
 
 
Sim, haviam outros modelos mas o publico estava concentrado principalmente no Serie 2 Active Tourer.






 
A minha maior preocupação é que o designe actual da BMW já começa a datar um pouco e a BMW terá que em breve seguir para a próxima fase por risco de cansar e perder clientela.
 
A resposta poderá estar na outra extremidade do expositor - nos BMW i3 e i8. Tive hipótese de conduzir o novo BMW i3, com direito a uma voltinha por Paris e que feito que é.


 
O designe e a combinação de materiais é simples e ao mesmo tempo de muito bom gosto. É possível a fibra de carbono nas embaladeiras quando se abrem as portas.




 
À conversa com um dos representantes da BMW, ao qual tentei obter autorização para ver o i8 de perto (que ele recusou infelizmente), disse-me que 80% das vendas do i3 eram da versão REX com extensor de autonomia - é um modelo cerca de 5.000 euros mais caro e é o mais vendido.
 
Falando no i8, tão magnífico, tão perto e ao mesmo tempo tão longe - numa palavra: impressiona.




 
Nota - as imagens estão na definição original e se clicarem podem ver as imagens em maior dimensão.

0 comentários:

"