Novo Toyota Aygo apresentado

E como diz o ditado, o X marca o lugar - neste caso, a frente do novo Toyota Aygo, o ultimo dos primos a a aparecer depois da apresentação dos Citroën C1 e Peugeot 108.

Nesta nova geração aposta foi em diferenciar mais os primos - neste Aygo é difícil não notar no X que vai dos retrovisores ao fundo do para-choques que pode ser encomendado em várias cores! A Toyota aposta muito no "costumizar" do Aygo para se diferenciar dos parentes - essa especificação pode ser feita na encomenda ou mesmo no stand já que muitos dos elementos exterior são facilmente trocados.

As superfícies vidradas laterais são especificas, bem como os faróis traseiros. Se o modelo anterior era um pouco sem sal, este exagerou no chili. É bom ver que a Toyota não se ficou pelo GT86 para apimentar a sua imagem - este é o modelo mais acessível e olhem bem para ele. Apenas exageraram na quando alguém usou a expressão "evolution of Aygoness" - alguém fala marketing?

No interior, o tablier á basicamente o mesmo. Temos o mostrador redondo em frente do condutor, os comandos da climatização em triângulo e nos modelos mais caros um sistema multimédia com função Mirror Link e com ecrã táctil de 7 polegadas.

Tal como os primos franceses, também poderá receber o tejadilho descapotavel e carroçarias de 3 e 5 portas, mas pelos vistos apenas estará disponivel com o 3 cilindros de 1 litro de 69 cavalos (que é da Toyota) e não terá o 1.2 litros de 82 cavalos (que por acaso é da PSA). Mas poderá escolher entre uma caixa manual de 5 velocidades ou um automática de 5 velocidades. É económico (anunciadas médias de 4,2 l/100km), é capaz de atingir os 160 km\h e acelerar dos 0 aos 100km\h em 14,1 segundos, mas sinceramente creio que seria ignorar o principal ponto do novo Aygo - o seu visual. Olhando de frente parece que nos quer dar uma cabeçada!

0 comentários:

"