[update]Lexus RZ apresentado

A Lexus apresentou o seu segundo automóvel 100% elétrico - este é o RZ450e. Um SUV como manda a moda, mas se o Lexus UX300e usava a plataforma GA-C adaptada para elétricos o RZ é o primeiro 100% elétrico de raiz da Lexus usando a plataforma e-TNGA estreada pelo Toyota bZ4X.
Exteriormente segue o design atual dos SUVs da Lexus se bem que um pouco mais simples mas desportivo, com basicamente as mesmas dimensões do primo bZ4X: ficando com 4,81 metros de comprimento entre os atuais NX (que tem 4,64 metros) e o RX (4,89 metros). Com uma distancia entre eixos de 2,85 metros alinha com o Audi Q4 e-Tron com o qual irá competir. As maiores novidades exteriores são os pilares C foscos e atrás uma barra luminosa que atravessa toda a traseira.



Mas a maior surpresa surge ao abrir a porta - o volante tipo manche de avião "One Motion Grip" com direção "by wire" que deverá chegar à lista dos opcionais do Lexus RZ em 2023 (e mais adiante no bZ4X).

Mas antes que comecem a dizer que copiaram da Tesla há uma grande diferença - enquanto a Tesla mantem a direção mecânica (com as limitações de desmultiplicação que implica) a Toyota desenvolveu um sistema de direção sem ligação mecânica "by wire" com desmultiplicação variável. Basicamente há um sensor eletrónico no volante que comunica com um motor elétrico na direção que vira as rodas no máximo 150º para a direita ou esquerda sempre com menos de meia-volta do volante.

Recebe ainda o mesmo sistema multimédia do NX compatível com Android Auto e Apple CarPlay, acabamentos de luxo, tejadilho panorâmico ativo, iluminação interior e bastante espaço interior.
Inicialmente o Lexus RZ estará apenas disponível na versão 450e com 2 motores elétricos (1 por eixo permitindo tração integral) debitando um total de 313 cavalos e 435 Nm de binário alimentados por uma bateria de 71,4 kWh uteis, acelera dos 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos e atinge uma velocidade máxima limitada de 160 km/h. A potencia é distribuída entre os 2 motores pelo sistema Direct4, por exemplo usar apenas o motor elétrico dianteiro em autoestrada para reduzir consumos. Segundo a Lexus o RZ 450e tem uma autonomia WLTP acima dos 400 quilómetros e enquanto a maioria dos construtores de automóveis garantem pelo menos 70% da capacidade da bateria ao fim de 8 anos, a Toyota oferece a garantia de pelo menos 90% da capacidade da bateria ao fim de 10 anos!

Para distinguir o bZ4X do Lexus RZ a marca assegura que apesar de partilhar a base mecânica o comportamento será bastante distinto.
update 06-05-2022

0 comentários: