[update]Novo Toyota Aygo X apresentado

Este é o novo Aygo X que vem substituir em 2022 o Aygo abaixo do Yaris - novo look mantendo muitos detalhes do concept Aygo X Prologue e tecnologia para um segmento que tem perdido muitos modelos: os Citroen 1, Peugot 108, Seat Mii e Skoda Citigo já partiram e os Volkswagen Up e Renault Twingo estão também de saida em breve.



Para atrair mais clientela a Toyota incorporou muito elementos associados aos mais populares SUVs neste citadino - temos as cavas das rodas largas com jantes de 17 e 18 polegadas, proteções de carroçaria em plástico preto um pouco por todo o lado, altura ao solo aumentada (se bem que apenas em 11 milímetros relativamente ao Aygo atual), cores mais interessantes, faróis LED e se quiser até pode ter tejadilho de abrir em lona.



No interior temos aplicações coloridas da cor da carroçaria, um volante de 3 braços com botões, muitas curvas e como peça central o sistema multimédia Toyota Smart Connect num ecrã de 9 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay, atualizações via internet, tecnologias como cruise control ativo, arranque sem chave, navegação e nos opcionais poderá ter carregamento de telemóveis por indução, sistema áudio JBL com um amplificador de 300 e subwoofer na mala.


Em termos de ajudas de condução o todos os Aygo X recebem o Toyota Safety Sense que combina uma camara e radar para o Pre-Collision System capaz detetar (de dia ou de noite) peões, ciclistas, cruise control activo, Lane Trace Assist e Emergency Steering Assist.

Este novo modelo é baseado na mesma plataforma Toyota Global GA-B usada no Yaris\Yaris Cross, sendo 23,5 centímetros mais comprido e a distancia entre rodas 9 centímetros mais longa dá mais espaço aos passageiros e bagagens (231 litros contra 168 litros do Aygo). Debaixo do capot estará apenas o 3 cilindros atmosférico de 1 litro de 72 cavalos e 93 Nm de binário no eixo dianteiro acoplado a uma caixa manual de 5 velocidades ou automática S-CVT. Como seria de esperar não é propriamente rápido: 0 aos 100km\h em 15,6 segundos ou 15,5 segundos com a caixa CVT atingindo uma velocidade máxima de 157 quilómetros\hora. Não há qualquer eletrificação prevista, mesmo assim conseguindo consumos baixos de 4,7 lt/100km com a caixa manual e 4,9 lt/100km com a caixa CVT.
update 29-11-2021

0 comentários: