[update]Novo Range Rover apresentado

Com 51 anos o Range Rover é uma das poucas instituições automóveis trazendo luxo onde quer que vá seja a Paris ou o campo. A geração L405 já tem 10 anos de vida e não é capaz de lidar com os novos rivais da Bentley e Rolls Royce. e acaba de receber a quinta geração, mantendo a máxima de evolução acima de revolução. Mas apesar de parecer semelhante é um modelo completamente novo, nada partilhando com o modelo anterior.
Exteriormente continua facilmente identificável como um Range Rover particularmente no capot, tejadilho flutuante e até a tampa da mala em duas partes mas adopta um design mais simples, formal mas simplificado. Adoro o detalhe de como a superfície vidrada sai das portas muito próximo ao metal até ao tejadilho sem as habituais goteiras - parece esculpido diretamente de uma massa de aço.



A grande diferença está mesmo atrás com os faróis traseiros ligados por uma faixa em preto em U virado ao contrário.
O interior foi também completamente redesenhado com o luxo omnipresente: temos couro, madeira, metal, cerâmica, linho e outros materiais distribuídos pelo interior. Um ecrã táctil de 13,1 polegadas para o sistema multimédia PiviPro parece flutuar no tablier com quase nenhum botão. O novo Range Rover estará disponível em versões - normal com 5,05 metros de comprimento e LWB com mais 20 centímetros de comprimento. 





Esta versão poderá ser encomendada com 4 lugares se bem que os 2 lugares traseiros são verdadeiros sofás para o tratamento VIP completo ou se tiver uma família numerosa poderá pela primeira vez ter um Range Rover de 7 lugares.


Este novo Range Rover estreia a plataforma MLA que apesar de ser 80% alumínio coloca o peso mínimo em...2,4 toneladas para a versão normal e 2,6 toneladas para a versão LWB!´É que os designers basicamente pegaram em todo o equipamento de luxo que conseguiram encontrar e enfiaram-no todo lá dentro: direção às 4 rodas, suspensão auto-nivelantes, tração integral e muito muito mais. Para assegurar que consegue lidar com o fora da estrada a suspensão pode subir até 29,5 centímetros.





Debaixo do capot vai ter 2 motorizações V6 a gasolina PHEV com 440 (P440e) e 510 cavalos (P510e) alimentados por uma bateria de 38,2 kWh que pode ser carregada em carregadores rapidos até 50kW DC (carga completa em menos de 60 minutos) ou numa wallbox de 7kW (carga completa em 5 horas) permitindo uma autonomia 100% elétrica de 100 quilómetros mas estas motorizações PHEV não estão disponiveis com 7 lugares. A diesel terá 2 motorizações V6 a diesel hibridas ligeiras com 249 e 350 cavalos e para cereja em cima do bolo um V8 biturbo de 4,4 litros com 530 cavalos de origem BMW. Todas estas motorizações estão associadas a uma caixa automática de 8 velocidades com relações baixas. Em 2024 vamos ter uma versão 100% elétrica.

update 26-11-2021

0 comentários: