[update]Mini Cooper SE apresentado

Ao fim de anos de espera enfim chega o Mini Cooper 100% eléctrico - este é o Cooper SE. Costuma-se dizer que mais vale tarde que nunca, mas será tarde demais?

Exteriormente há algumas diferenças relativamente aos modelos "clássicos": jantes especificas muito retro, grelha dianteira e logótipos específicos e apenas estará disponível com 3 portas. E não, não tem que ter estas aplicações amarelas - são opcionais. 


Um pormenor interessante é que para arranjar espaço para a bateria sem eliminar a mala ou os assentos traseiros a BMW colocou a bateria no fundo do carro e aumentou a altura do Mini Cooper SE em 18 milímetros para manter a capacidade da mala no 211 litros e para que pessoas consigam sentar-se no interior.


E essas pessoas no interior recebem um conjunto de instrumentos digital e 4 modos de condução - além dos 3 normais Sport, Mid e Green este Mini SE recebe um modo Green+ que em Portugal é inútil porque além de desligar toda a tecnologia também desliga o ar condicionado. Recebe ainda um sistema de aquecimento 75% mais eficaz que o normal.





De série recebe faróis LED, jantes de 16 polegadas, climatização bi-zona e navegação no ecrã de 5.5 polegadas com pontos de carga incluídos. Se subir um nível o ecrã do sistema multimédia passa para 6,5 polegadas, recebe assentos aquecidos, sensores de estacionamento traseiros e pack de assistências ao condutor. No topo de gama recebe ainda sistema audio Harman Kardon com um crã de 8.8 polegadas e head-up display.


Mecanicamente falando o Mini Cooper SE tem uma bateria de 32,6 kWh em T que alimenta um motor eléctrico de 135kW/184 cavalos e 270 Nm de binário que acciona as rodas dianteiras. Isso significa que é capaz de acelerar dos 0 aos 100km\h em 7.3 segundos, atinge uma velocidade máxima (limitada electronicamente) de 150 km/h e terá uma autonomia WLTP eléctrica entre 235 e 270 quilómetros.

Pode carregar o seu Cooper SE em casa (demora 10 horas), numa Wallbox especifica ou nos pontos de carga públicos - num ponto de carga de 50 kW consegue 80% da carga em 35 minutos.


update 12-08-2019

0 comentários: