Testes EuroNCAP falseados?

Um dos problemas criados pelo Dieselgate é que passamos a estar hiper-vigilantes a que mais a industria automóvel possa estar a fazer e temos uma nova suspeita - a possibilidade dos automóveis enviados para os testes de segurança EuroNCAP serem equipados com "componentes específicos".

Segundo a autoexpress o EuroNCAP e a Thatcham Research encontraram módulos de airbag, pontos de fixação Isofix, espumas de assentos e outros marcados com “For crash test only” em automóveis de vários construtores submetidos a testes de segurança. Estas marcações foram detetadas no processo de desmontagem e inspecção que se segue aos testes de impacto.

O EuroNCAP e a Thatcham Research investigaram todos os casos e até agora não encontraram nada, e os construtores respondem que é pratica comum para assinalar estes veículos pedidos pelo departamento de segurança na linha de produção ou porque se tratam de modelos ainda não em produção com componentes não definitivos.

Como eu disse até agora não encontraram nada e "normalmente" seria impensável que um construtor fizesse algo como brincar com a vida das pessoas, mas o dieselgate abriu a porta a ter que ponderar este tipo de possibilidades.

0 comentários:

"