[update videos]Mercedes Classe B apresentado

A gama baseada no Classe A continua a crescer - o hatchback de 5 portas, o 3 volumes e enquanto esperamos pelos GLA, GLB e CLA temos a versão monovolume - este é o novo Mercedes Classe B baseado na mesma plataforma MFA (Modular Front Architecture).


Apesar das monovolumes serem o formato que mais sofre com a popularidade dos SUVs, a Mercedes não desistiu de uma terceira geração do Classe B. Segue as mesmas linhas dos restantes modelos com flancos lisos, faróis inspirados nos Classe A se bem que arredondados atrás. A distancia entre eixos aumentou 3 centímetros e com o banco traseiro deslizante é possível trocar espaço das pernas por capacidade de carga da mala (que varia entre 455 e 705 litros).



No interior nada de novo, temos basicamente o mesmo tablier do mais recente Classe A com os 2 ecrãs de 10,25 polegadas lado a lado com o MBUX. Pode receber um head up display de alta resolução, iluminação interior de 64 cores e muito mais.




Debaixo do capot deverá receber o 4 cilindros de 2 litros turbo a diesel dos Classe C e Classe E associado a uma nova caixa de dupla embraiagem automática de 8 velocidades debitando 150 cavalos e 320 Nm de binário no B 200 d ou 190 cavalos e 400 Nm de binário no B 220 d. Já o resto da gama terá que se contentar com uma unidade de 7 velocidades da Getrag - incluindo 4 cilindros a gasolina de 1.3 litros desenvolvido em parceria com a Renault com 136 cavalos no B 180 e 163 cavalos no B 200. A diesel ainda terá o velho 1.5 litros diesel de 116 cavalos no B 180 d. Mais adiante devem chegar mais motorizações e tração integral.


Só há um pormenor que não percebi - a Mercedes disse que este Classe B só terá 5 lugares mas o GLB (versão maior do GLA) terá opção de 7 lugares. As monovolumes são principalmente apreciadas pelos 7 lugares, para que desenvolver uma nova geração e depois dar o maior argumento de venda ao formato que lhe irá roubar clientela? E para quê ir atrás apenas de metade do BMW Série 2?


update 04-12-2018

0 comentários:

"