Citroen Traction Avant - vídeo

Tirado do nosso artigo "os automóveis mais importantes de sempre" - após a Guerra André Citroen deixou a produção de armamento para se voltar aos automóveis, e fê-lo com a convicção que o futuro não era os automóveis caros feitos à mão mas em automóveis baratos e fiáveis produzidos em massa - não um luxo mas uma ferramenta. Entre o seu pessoal estava o engenheiro André Lefebre que defendia que o motor e a tracção deviam estar à frente - "quando se usa um martelo, é a cabeça do martelo e não o cabo que se movimenta primeiro". Ai nasceu o Traction Avant. O Traction Avant tinha o motor e tracção dianteira, bom comportamento de estrada e era resistente e ao contrario da maioria: era um carroçaria monocoque e não tinha um chassis independente. Marcou o inicio do automóvel moderno em que os vários painéis de aço são soldados e suportam todos os elementos.

0 comentários:

"