[update videos] Novo Renault Mégane R.S. apresentado

E já temos a 4ª geração do Renault Mégane R.S. acabada de apresentar no salão de Frankfurt, território do Golf GTI.

Confesso que esperava um pouco mais, mas com todos os teasers publicados não foi propriamente uma surpresa - um Megane mais musculado com para-lamas e vias alargadas(relativamente ao modelo normal à frente as vias são 60 milímetros mais largas e 45 milímetros mais largas atrás) que albergam as jantes específicas de 18 ou 19 polegadas, novo para-choques dianteiro com spliter e as luzes diurnas/projetores RS Vision, e o traseiro com um novo difusor com escape central.


Dá para perceber que a Renault tentou desenhar este Megane R.S. como sempre previsto e parte integrante da gama não como se pegassem num modelo normal e simplesmente colaram adereços à carroçaria normal como o Civic Type R ou Focus ST. Este é um Megane que foi ao ginásio, não um que virou culturista.

Mas o visual não é tudo, afinal estamos a falar de um desportivo e parece que a Renault resolveu não entrar na corrida da potência que a Honda, VW e Ford tem feito e preferiu apostar na eficácia. Debaixo do capot está o novo 4 cilindros de 1.8 litros TCe do novo Alpine A110 mas aqui a debitar 280 cavalos e 390 Nm de binário. Não é muito, mas como disse a Renault preferiu a eficácia - o chassis foi bastante trabalhado e está disponível em versão Sport e Cup, ambas com direção às 4 rodas. Em 2018 deverá chegar a versão R.S. Trophy com mais 20 cavalos, chassis Cup de série e outras modificações.

O chassis/suspensão Sport (de série) esta configurada mais para conforto e "vida real", enquanto a opção Cup (de série no RS Trophy) é 10% mais rígida e mais para os fãs dos trackday. Com o chassis Cup e caixa manual recebe ainda um diferencial auto-blocante, não disponível com a caixa de dupla embraiagem EDC. Curiosamente a Renault manteve um esquema clássico de suspensão quando muitos, incluído o novo Civic Type R, estão a migrar para amortecedores ativos.

Terá a possibilidade de escolher, ao contrario do atual Clio RS, entre uma caixa manual (a mesma do anterior Megane RS) ou dupla embraiagem EDC de 6 velocidades. E se se for para a versão com caixa manual poderá ter um travão manual! Launch control estará disponível em ambas as caixas e a caixa EDC permite reduzir varias velocidades de uma só vez mantendo a alavanca esquerda.
Achei curioso que a Renault não tenha ido para um sistema de tração integral, afinal tem os vários sistemas da Nissan ao seu dispor. Preferiram incluir de série o sistema de direçao das rodas traseiras 4Control que em Race Mode permite virar as rodas no sentido oposto às das rodas do eixo dianteiro a uma velocidade mais elevada que nas versão "normais". Este novo Megane R.S. recebe ainda uma nova versão do R.S Monitor agora capaz de se ligar a um smartphone e de incorporar nas filmagens dados de telemetria.
O modelo anterior foi considerado como um dos melhores desportivos de tração dianteira, espero que os mágicos da Renault RS tenham mesmo feito o seu trabalho de casa - infelizmente eles não deram dados de performance. Apenas que atingirá mais de 250 km\h e vai dos 0 aos 100km\h em menos de 6 segundos...tendo em conta o tempo que já andam a anunciar este modelo seria de esperar que já soubessem do que ele é capaz.


update 19-09-2017

0 comentários:

"