[update video]Mazda apresenta o 1º motor a gasolina de ignição por compressão16

Aviso - isto é capaz de ficar um pouco técnico. Existem centenas de tecnologias que se anunciam como o futuro mas que nunca se materializam na realidade - a Mazda anunciou que ira ser a primeira empresa a trazer ao mercado uma automóvel com motor a gasolina de ignição por compressão. Resumidamente, um motor a gasolina que funciona como um diesel.
Então o que tem este motor de tão especial? Um motor a gasolina "clássico" usa velas para fazer a ignição da mistura combustível-ar, mas nestes motores de ignição por compressão homogénea (homogeneous charge compression ignition ou HCCI) a ignição é feita pela compressão (movimento ascendente do pistão) não precisando das velas de ignição - mas estes motores da Mazda ainda têm velas de ignição para condições especificas como temperaturas baixas demais.

É admirável que uma empresa com um orçamento de investigação e desenvolvimento reduzido conseguiu ultrapassar os pesos pesados da industria que também estudam esta tecnologia à décadas. 

Este tipo de motor, designado SKYACTIV-X, será estreado pelo próximo Mazda3 previsto para 2019.
Supostamente é tão económico quanto um motor diesel sem os problemas de emissões - segundo a Mazda estes motores SKYACTIV-X são entre 20 a 30% mais eficientes que os atuais SKYACTIV-G e 35 a 45% mais eficientes que os equivalentes de uma década atrás. Acima de tudo a Mazda diz que estes motores são tão ou mais eficientes que os seus atuais diesel. Combinando esta tecnologia com um turbo a Mazda espera também melhorar o binário entre 10 a 30% relativamente aos atuais motores a gasolina Skyactiv-G.

Parece uma grande promessa e provavelmente reais em condições ideias - ou seja, a circular com a ignição por compressão. Como este motor irá transitar entre a ignição por velas e ignição por compressão dependendo de várias condições o mais certo é na vida real os números não serem tão rosados. E também há questão do quanto suave é a transição entre estes 2 modos de funcionamento.


update 21-08-2017

0 comentários:

"