DieselGate - ponto de situação 09-08-2016

Que nem uma telenovela portuguesa o dieselgate continua deprimente e sem fim, se bem que mais interessante. E sempre sem tretas, conservantes ou adoçantes acrescentados aqui no 4Rodas1Volante.
(1EARUP ou "Uma orelha para cima")

Americanos encontram mais 3 programas - rumor
Este é um rumor e devem para já vê-lo como tal - segundo o jornal alemão Bild am Sonntag que não cita fontes os americanos encontraram mais 3 programas/softwares com o objetivo de reduzir as emissões do V6 de 3 litros TDI durante testes de homologação. Segundo o jornal estes softwares desligavam os controlos de emissões 22 minutos após o início do teste, quando o teste oficial dura 20 minutos - curiosamente algo que a Fiat também esta acusada.
Além da questão que o jornal não indicar as fontes, a verdade é que pode ser uma não-questão - a noticia é que afinal não 1 programa que falsifica emissões mas sim 3 programas, mas os sistemas de controlo de emissões usam múltiplos e diferentes componentes daí que seja lógico que haja mais que 1 programa a gerir a falsificação das emissões.


Baviera processa Volkswagen
O estado alemão da Baviera vai processar a Volkswagen pelas perdas que o dieselgate causou no fundo de pensões dos funcionários públicos da Baviera - segundo a Reuters, o fundo poderá ter perdido até 700.000 euros. E sim, duvido que tenha alguma coisa a ver com o facto que a BMW está sediada na Baviera...

Baixa Saxónia não processa Volkswagen
Por outro lado, deverá ser pelo facto que o estado da Baixa Saxónia é accionista-chave na Volkswagen e onde esta sediado o construtor alemão que este estado não vai processar o grupo VW. Os estados de Schleswig-Holstein, North Rhine Westphalia, Rhineland Palatinate e a cidade de Berlim também já vieram dizer que não avançam para tribunal.

Mais estados pensam em processar Volkswagen
E há outros estados alemães que ainda não se decidiram se vão, ou não, processar o construtor alemão - os estados de Baden-Wuerttemberg (onde estão baseados a Daimler e Porsche) e Hesse estão ainda a considerar as suas chances em tribunal.


Coreia do Sul suspende vendas de VW, Audi e Bentley
Na anterior atualização escrevi como a Volkswagen suspendeu a venda de uma série de modelos que vendia na Coreia do Sul algo que já se esperava que o governo local ordenasse - mas aparentemente subestimaram o tema porque o governo da Coreia do Sul revogou a homologação de 80 modelos da VW, Audi e Bentley alem de aplicar uma multa de aproximadamente 14 milhões de euros. Até que nova homologação destes modelos seja feita, algo que pode demorar 3 meses, a Volkswagen não pode vender estes modelos.


Não-historia do dia
Uma das razões porque tento fazer estes resumos do dieselgate é que há muitos sites e outras fontes de noticias a tentarem aproveitar a situação a fazerem um escândalo de tudo e mais alguma coisa relativa à Volkswagen. E esta noticia do jornal Mirror (sempre que algo vem num tabloide britânico há que ter cuidado) e Channel4 em que diz ter descoberto um novo escândalo na Volkswagen - logo no título a letras gordas que está a citar falsos resultados em testes de segurança.

O que parece mau até que se começa a ler mais a noticia - pelos vistos vendedores no reino unido disseram que o atual Volkswagen Polo tem 5 estrelas nos testes do EuroNCAP quando esse teste foi feito em 2009 e como os testes de segurança são regularmente atualizados esses resultados só são válidos durante 6 meses. Mas afinal quantos concessionários esta investigação visitou? Bem, pelos vistos visitaram apenas 8 concessionários tendo encontrado a tal afirmação errónea em 6 deles. E quantos concessionários é que a Volkswagen tem no Reino Unido? Mais de 200 concessionários.

Dizem-se ainda chocados porque um comercial ter dito que não há relação entre os testes do EuroNCAP e a vida real. Uau, parem os jornais que este pessoal encontrou a polvora seca! Então estão a dizer que na vida real todos nós não embatemos apenas uma barreira a um determinado angulo e sempre à mesma velocidade sem mais nenhum embate secundário?! A sério? É impossível reproduzir todo o género de acidentes que podem acontecer, daí que o organismo independente ter desenhado uma bateria de testes para representar os mais comuns que testam as principais medidas de segurança e são feitos em laboratório porque para ser poder comparar os resultados entre diferentes automóveis os testes têm que ser feitos em igualdade de condições.

E o ponto final que demonstra o quanto isto é uma não-questão? Porque todos o fazem. Quase todos os concessionários tem posters dos seus modelos e muitos desses tem a pontuação que obtiveram no EuroNCAP e há muito passaram da expiraram. Ainda há pouco tempo visitei um concessionário da Renault que tinha um afixo gabando as 5 estrelas do Renault Megane mas como não tinha imagem não havia forma de saber qual Megane se estavam a referir e só umas letras mais pequenas indicavam o ano em que o teste foi feito.
Neste tema, e em tudo na vida, é preciso ter espírito crítico.

0 comentários:

"