Audi recupera energia pelas suspensões

Com a eletrificação dos automóveis há o interesse em aproveitar todas as formas de energia para a converter em energia elétrica que o automóvel possa usar. A travagem regenerativa é o exemplo mais comum convertendo a energia cinética do automóvel para elétrica durante a travagem e armazenada numa bateria ou super-condutor. Já há tecnologia para converter o calor do escape em energia elétrica e agora a Audi apresentou uma nova tecnologia que aproveita o movimento da suspensão para gerar energia.

Chamada eROT (a Audi continua com jeito para os nomes...) usa amortecedores eletromecânicos em que um braço converte o movimento para cima e para baixo da suspensão em movimento de rotação de um gerador que gera a eletricidade. Ou sejam sempre que acertar numa lomba ou buraco esta a carregar a bateria - segundo a Audi numa estrada irregular pode gerar até 613 watts. Se for numa estrada portuguesa conseguira o dobro certamente.

A energia gerada poderia ir para uma bateria num automóvel elétrico/híbrido ou alimentar os acessórios desligando o alternador que reduz o esforço do motor de combustão. Este sistema tem ainda uma outra vantagem - é mais compacto que os atuais amortecedores logo mais espaço para passageiros. É para já um protótipo mas com a aposta do grupo VW na eletrificação poderá vir a tornar-se realidade.

0 comentários:

"