Mais uma morte por airbag Takata

A Honda diz que temos mais uma morte devido a um airbag do condutor que explodiu violentamente - desta vez uma mulher de 44 anos na Malásia, 3ª morte no sudeste asiático.
A senhora conduzia um Honda City de 2005 esteve envolvida num acidente mas o airbag explodiu violentamente projetando fragmentos metálicos que perfuraram o peito da condutora que se esvaiu em sangue morrendo ao volante.

Infelizmente esta morte também demonstra algo que aqui já várias vezes abordei - já tinham sido enviados 3 avisos para que aquele automóvel fosse levado a uma oficina oficial para substituição mas por alguma razão a viatura nunca deu entrada na oficina. Se comprarem um automóvel usado ou importado registem-no no site ou numa oficina da marca por forma a receberem este tipo de avisos.

0 comentários:

"