Takata - telenovela continua

Há muito que esta recolha dos airbags da Takata tornou-se na maior recolha automóvel e pelas ultimas noticias vai continuar a crescer com mais recolhas anunciadas no Japão e EUA (na Europa também provavelmente mas não comunicaram esses números) e vai demorar anos até terminar esta telenovela - a sobrevivência desta empresa parece cada vez mais difícil. Para referencia, em apenas ano a Takata perdeu 75% do valor de mercado.

Em Março a Takata apresentou os seus resultados do ano anterior e teve uma perda de 121 milhões de dólares - que não inclui a totalidade dos custos da recolha dos airbags, que tem sido suportado pelos construtores. Mas tal como o Titanic a Takata tem um icebergue no seu caminho - um icebergue de 9 biliões de dólares que é o que poderá vir a ter de pagar em custos de recolha se se chegar à conclusão que a empresa é culpada por todo este debáculo. O factor importante é que a empresa não tem 9 biliões de dólares portanto pode ser terminal.

Americanos e Takata confirmam recolha de mais 35/40 milhões de airbags
O Departamento de transportes norte-americano e a Takata confirmaram que vão ser recolhidos mais 35 a 40 milhões de airbags produzidos pela empresa japonesa até 2019. Que somam aos já recolhidos: só nos EUA já foram recolhidos 24 milhões de automóveis e um total de 28.8 milhões de airbags em 14 construtores automóveis - agora 17.
Esta decisão é baseada nas conclusões da NHTSA e investigadores sobre porque é que os ativadores da Takata explodem tão violentamente - é uma combinação de idade/tempo e flutuações de temperaturas ambientes que degrada o nitrato de amónio utilizado nos airbags.
Esta recolha não inclui os airbags que foram produzidos mais tarde com um dissecante (substancia que absorve humidade) - ainda não surgiram acidentes com estes, mas a NHTSA já veio dizer que também está de olho nestes

Mas não acaba aí - o governo japonês pediu a recolha de 7 milhões de airbags em automóveis vendidos no Japão. "Pedido" porque é uma medida preventiva e se os construtores cumprirem, só no Japão, 20 milhões de automóveis terão sido recolhidos por causa dos airbags da Takata.

0 comentários:

"