Dieselgate - ponto de situação 15-11-2015

Sim, mais novidades do dieselgate by Volkswagen. Sem tretas mas com algumas pontas atadas.

Winterkorn sai de cena completamente?
Na anterior actualização disse que Winterkorn abandonou mais uma das suas posições no grupo VW ao deixar a direção da Audi, mas ainda mantinha lugar na direção do departamento de camiões e autocarros do grupo (basicamente a Man e Scania) - mas segundo o Autoblog, que cita uma conversa com o departamento de comerciais do grupo, Martin Winterkorn terá também deixado a deixado esse ultimo lugar. Terá enfim Winterkorn saído de vez? Espero confirmação de fontes oficiais.


Matthias Muller sob pressão
E já que falamos de um demissionário (Winterkorn) continuemos com o tema - um empresa de gestão de fundos chamada Union Investment (pelos vistos a 3ª maior na Alemanha e um dos 15 maiores acionistas na VW) acha que a Volkswagen devia demitir Matthias Mullers (que como sabemos veio substituir Winterkorn) e arranjar um novo (terceiro) CEO que venha de fora para recuperar a Volkswagen. Ele chegou à menos de 2 meses para resolver um problema que não foi ele que causou e já estão a pedir a sua cabeça? Segundo esta empresa seria melhor escolher alguem "mais fresco" e mais transparente - algo que acho que é curioso já que foi ele que se chegou à frente e disse que também havia problemas com as emissões de CO2 em alguns motores, algo que ninguém tinha ainda descoberto.


Volkswagen não tem mais esqueletos no armário?
Numa entrevista conjunta à agência noticiosa alemã DPA, o responsável pela marca Volkswagen Herbert Diess e o responsavel pelo sindicato Bernd Osterloh asseguram que não vão haver mais más noticias da VW - além da batota nas emissões de óxidos de azoto e CO2 já conhecidos. Será?


Audi sob investigação na Alemanha
Depois de terem tentado (e desistido) de irem atrás da Winterkorn agora parece que a procuradoria alemã em Ingolstadt abriu uma investigação criminal à Audi (a Audi está baseada em Ingolstadt), particularmente aos responsáveis pelos testes de emissões.


Incentivos na Europa também
A Volkswagen já começou uma campanha de charme aos clientes norte-americanos, mas pelos vistos a medida também deve chegar a este lado do Atlântico - a Autocar conseguiu aceder a correspondência enviada pela marca alemã aos concessionários britânicos que indica estar a ser preparado incentivos que podem atingir as 1.500 libras para os clientes britanicos. Isto para quem compre uma viatura VW nova por troca de um VW usado de qualquer idade - 400 libras para um citadino, 1000 libras para um Golf (normal, SV, Cabriolet e Estate), Beetle (incluindo o Cabriolet), Scirocco, Jetta, Touran, Tiguan, CC, elétricos e Passat e 1500 libras para um Touareg ou Sharan.


Alemães investigam vários construtores
Numa anterior actualizei referi que o regulador automóvel alemão (KBA) iria avaliar as emissões de automóveis de outras marcas estrangeiras, algo que soava a uma caça às bruxas mas a Autocar acedeu a lista do que a KBA está a testar desde o fim de Setembro e afinal inclui também modelos alemães - deverá estar a focar principalmente os modelos diesel e a lista completa abaixo
- Alfa Romeo Guilietta
- Audi A6 e A3
- BMW Série 3 e Série 5
- Chevrolet Cruze
- Dacia
- Fiat Panda e Ducato
- Ford Focus e C-Max
- Honda HR-V
- Hyundai iX35 e i20
- Range Rover Evoque
- Jeep Cherokee
- Mazda 6
- Mercedes Classe C, CLS, Sprinter e Classe V
- Mini Cooper
- Mitsubishi ASX
- Nissan Navara
- Peugeot 308
- Porsche Macan
- Renault Kadjar
- Smart Fortwo
- Toyota Auris
- Opel Astra, Insignia e Zafira
- Volvo V60
- Volkswagen Golf, Beetle, Passat, Touran, Touareg, Golf Sportsvan, Polo, Crafter e Amarok
Parece que já testaram dois terços mas não dizem nada sobre o que descobriram até agora.

0 comentários:

"