Dieselgate - ponto de situação 01-12-2015

Novo ponto de situação dos mais recentes desenvolvimentos do dieselgate by Volkswagen - como sempre sem OGMs ou tretas acrescentadas. 

Nesta edição:
- Toyota ultrapassa Volkswagen
- VW sabe há um ano de emissões CO2 optimistas?
- VW reduz variantes para poupar dinheiro
- VW admite que perdeu vendas por emissões CO2 falsas


Toyota ultrapassa Volkswagen pelo 4º mês nas vendas globais
Pelo 4º mês consecutivo (incluindo Outubro) a Toyota Motor Corp ultrapassou a Volkswagen AG nas vendas globais - 8.35 milhões de unidades contra 8.26 milhões de unidades Volkswagen durante o mesmo período.


Executivos sabiam há 1 ano das emissões falsas de CO2 - rumor
Classifiquem esta como rumor já que o jornal que o afirma não cita ou especifica qualquer fonte para esta afirmação - segundo o jornal Bild am Sonntag os executivos da Volkswagen já sabem há um ano que vários dos seus automóveis eram muito menos eficientes que os números oficiais faziam crer - ou seja, sabiam da falsificação das emissões de CO2 muito antes do que admitiam. Como noticiamos antes, foi a própria Volkswagen vir a publico dizer que vários modelos tinham emissões/consumos acima dos valores oficiais, facto descoberto durante a investigação interna às emissões dos óxidos de azoto - o jornal vem desmentir isso, mas como disse não indicam fontes. Apenas indicam que tera sido por isso que o Polo TDI BlueMotion teria sido retirado do mercado. A Volkswagen nega as acusações e diz que o Polo TDI BlueMotion foi retirado do mercado porque reduzida procura.


Volkswagen poupa dinheiro cortando variedade
Segundo o representante laboral Bernd Osterloh o grupo Volkswagen identificou cerca de 1.9 mil milhões de euros em poupanças na marca Volkswagen eliminando certas variantes e níveis de equipamento. Segundo este responsavel, a vasta gama e diferentes componentes criam grande complexidade e custos, por exemplo em logística, não sendo necessário falar em despedimentos. A ultima parte é talvez a mais importante, vindo do mais alto representante laboral - o problema é que é a possibilidade de escolha e variedade que atrai clientela e cortar nesse campo pode sair furado.


Volkswagen admite que emissões CO2 falsas custam vendas
Ainda segundo o representante laboral Bernd Osterloh as vendas caíram como consequência da falsificação das emissões de CO2, com os consumidores a terem uma crise de confiança com a marca alemã, pior do que a das emissões de óxidos de azoto. Até agora a Volkswagen tinha recusado a ideia que as vendas se estavam a ressentir destes escândalos, mas com uma queda global das vendas em Outubro de 3.5% com apenas um crescimento de 0.5% na Alemanha é impossível negar o óbvio.

0 comentários:

"