Julgamento da Porsche arranca

Sim, não é só o dieselgate a dar dores de cabeça ao grupo Volkswagen, arrancou o julgamento da Porsche SE (não da marca Porsche mas sim da Porsche SE) relativamente à suposta manipulação do mercado aquando da tentativa falhada da tomada de assalto da Volkswagen em 2008 - e na mira estão o anterior CEO da Porsche Wendelin Wiedeking e o CFO Holger Haerter.
Todo este caso anda em torno de apostas e manobras de bastidores - em 2008 a Porsche fartou-se de dizer publicamente que não ia atrás da Volkswagen mas a realidade é que nos bastidores a Porsche já estava a reservar acções e apontava para a jugular. A aposta de muitos fundos de investimento era que o valor das acções da Volkswagen ia cair e tal como num empréstimo bancário, estes fundos pediram acções emprestadas e venderam-nas no mercado imediatamente esperando que no futuro o valor dessas acções descesse. Nessa altura compravam as acções de volta do mercado a um valor mais baixo e devolviam-nas ao proprietário ficando com a diferença. O grande problema é que em média estes fundos venderam acções a 200 euros cada e quando a Porsche enfim no dia 26 de Outubro de 2008 disse que já tinha 74.1% da Volkswagen e só iria parar quando conseguisse os 75% necessários para aquisição completa as acções dispararam para mais de 1.000 euros cada. Fundos de investimentos perderam milhões, com a subida do valor das acções e a crise financeira que se instalou na mesma altura fez que de repente Wiedeking e Haerter viam-se incapazes de obter os empréstimos necessários para concluir a aquisição e o castelo de cartas desabou. 

O resto já sabemos: a Volkswagen salvou a Porsche comprando-a, deixando apenas de fora a holding Porsche SE que é uma empresa da família Porsche que detém actualmente maioria das acções da VW. A Volkswagen esta protegida deste caso, mas a Porsche não: é que paralelo a este julgamento criminal pela procuradoria alemã correm ainda inúmeros outros casos de fundos de investimento que exigem serem compensados pelas suas perdas e os advogados destes casos estão à espera de que alguma nova prova criminal venha ao de cima para reforçar os seus casos. 

Este julgamento deverá ser o ponto final neste tema, mas tendo em conta que deverá ser o ultimo recurso para muitos fundos de investimento tentarem recuperar o seu dinheiro vai certamente demorar. Até agora todos os processos de investidores em tribunal têm saído a favor da Porsche portanto duvido que este venha a ser diferente. 

Se quiser rever os acontecimentos desta saga da Porsche clique na tag PorscheDáTiroNoPé

0 comentários:

"