[update]Novo Renault Twingo apresentado

E eis o novo Renault Twingo, 3º do nome e o regresso da Renault ao motor atrás - si, não é só a Porsche e o VW Carocha e ainda houveram uns quantos automóveis com motor atrás. Mas a ideia é genial - num crescente de adversários cada vez melhor, a Renault resolveu fazer diferente. E acho que o deviam ter apresentado hoje, dia de S. Valentim, porque é simplesmente adorável.


 
Sim, eu disse adorável. Consegue também ser mais pequeno que o modelo que substitui em 9 centímetros passando a 3,60 metros de comprimento total, mas graças ao motor estar atrás e debaixo do chão da mala o espaço interior não se reflecte. Alias, mais que pequeno que o Twingo só mesmo o Twizy.
 
Graças as 4 rodas nas esquinas a distancia entre eixos aumenta o espaço interior e permite ter 5 portas - que é o único formato previsto para o novo Twingo. No interior desaparece a possibilidade do banco traseiro deslizavel (devido à colocação do motor) mas é possivel (opção) rebater completamente o assento do passageiro dianteiro.
 
Mecânicamente falando, à frente temos a bateria e radiador, e atrás temos para já o 0.9 litros TCe Turbo de 90 cavalos (que já ensaiei no Clio carrinha) e mais adiante vai haver uma versão atmosférica deste motor com 65 cavalos. Ambos podem estar associados (opção) a uma caixa DSG.
 
Moda oblige as possibilidades de personalização são mais que muitas e poderá receber um grande tecto de abrir. E não esquecer que foi desenvolvido em parceria com a Mercedes que terá o Smart ForTwo e ForFour baseados neste novo Twingo.

Post Original de 13-02-2014
Depois de um "strip" online a Renault apresentou o novo Renault Twingo.





 
update 06-03-2013
Curiosamente apesar dos novos Renault Twingo, Citroen C1 e Peugeot 108 terem sido apresentados antes do salão de Genebra nenhum mostrou o interior dos seus automóveis até o salão abrir. Curiosamente, são até um pouco parecidos e ambos indicam que apesar de todo o trabalho feito no exterior, os contabilistas apertaram o cerco no que diz respeito ao interior.
 
 
Os vidros traseiros são fixos e abrem apenas a compasso e os assentos dianteiro são de peça única - o que significa que não pode regular o encosto de cabeça se quiser e a pessoa atrás do assento não consegue ver nada à frente, apenas as costas do banco.
 
Adeus a instrumentação central e o assento traseiro que podia deslizar em calhas - mala é fixa a 219 litros. Mas ajuda o facto que o banco do passageiro dianteiro pode rebater completamente para transporte de objectos longos.
 
 
Recebe o sistema multimédia R-Link com ecrã táctil com GPS, ligação Bluetooth, pode servir de ecrã para a câmara de marcha-atrás e até receber ligação à Internet. Se não quer um sistema integrado pode escolher o sistema R&Go que incluiu um suporte universal para smartphones que com uma aplicação que pode sacar, usar o telemóvel para controlar o rádio e alguns serviços como a navegação e acesso internet.

0 comentários:

"