[update]Novo Jeep Avenger apresentado

Este é o Jeep Avenger, o primeiro Jeep 100% elétrico e o mais pequeno feito para um publico mais jovem e ativo. Depois dos híbridos plug-in 4Xe temos agora o primeiro 100% elétrico mas não será o único - a Jeep espera 4 modelos elétrico na Europa até 2025 e uma gama 100% elétrica a partir de 2030. Mecanicamente é baseado numa versão modificada da plataforma e-CMP2 da Stellantis, recebendo uma carroçaria e interior completamente diferente dos primos.
O design exterior é interessante - parece um Jeep mesmo sem o logotipo graças a alguns detalhes bem escolhidos: a grelha dianteira pode ser fechada mas tem o visual tradicional das 7 barras verticais, a fora das cavas das rodas do Wrangler, o pilar C dos Compass e Grand Cherokee mas consegue ser jovial, divertido...talvez porque foi desenhado em Itália e não na América. Tem 4,084 metros de comprimento, é mais pequeno que o Renegade em 16 centímetros, com as rodas puxadas para as extremidades o que permite uma distancia ao solo de 20 centímetros, angulo de ataque de 20º, angulo da saída 32º e angulo ventral de 20º.


Estará disponível com jantes de 16 a 18 polegadas, 7 cores à escolha para a carroçaria e múltiplas escolhas de gráficos para o tejadilho, capot e grelha.

No interior recebe um tratamento especifico com uma prateleira a correr grande parte do tablier para arrumação, um ecrã táctil no centro para o sistema multimédia Android Auto e um conjunto digital de instrumentos para o condutor com 7 ou 10,25 polegadas. Tem uma mala com 380 litros de capacidade atrás e um uma de 34 litros à frente. Está disponível com hill descent control e 6 modos de condução (Eco, Normal, Sport, Sand, Mud e Snow).



Este Avenger conta com um motor elétrico de 154 cavalos/115 kW e 260 Nm de binário no eixo dianteiro sendo alimentado por uma bateria de 54 kWh de 17 módulos distribuídos debaixo dos assentos dianteiros, túnel centra e assentos traseiros sendo capaz de uma autonomia média WLTP de 400 km mas chega a 550 km na cidade. É compatível com carregamento até 100 kW que permite carregar a bateria de 20 a 8% em 24 minutos.

Mas não ficara apenas por um motor elétrico, a Jeep também já apresentou o Jeep Avenger 4x4 Concept que conta com um arranjo dual. Exteriormente é apenas distinguível pela cor especifica, faróis LED adicionais, barras de tejadilho, jantes especificas e melhorias na distancias ao solo ("mais de 20 centímetros" é o valor dado), no angulo de aproximação (21º) e no angulo de saída (34º).

Não há detalhes mecânicos sobre esta versão - terá um segundo motor atrás a complementar o dianteiro de 115 kW, mas da mesma potência ou diferente? Utilizará a mesma bateria de 54 kWh significando uma menor autonomia? Afetará a capacidade da mala traseira?

Mas não acaba aqui - inicialmente estará disponível apenas como 100% elétrico mas em poucos meses está prevista uma versão com o 3 cilindros turbo de 1.2 litros a gasolina para os mercados com fraca cobertura de carregadores: Espanha e Itália. 

 Debaixo do capot desta variante vamos ter o 3 cilindros turbo de 1,2 litros a gasolina com 100 cavalos acoplado à caixa automática de dupla embraiagem e-DCS6 que integra um motor elétrico de 21 kW e outro motor elétrico no lugar do alternador tudo ligado por um sistema elétrico de 48 volts. Este sistema permite condução 100% elétrica abaixo dos 30 km\h e por apenas 1 quilometro, mas ajuda o motor em acelerações e é capaz de desligar o motor de combustão em desaceleração ou em descidas. Basicamente, não é um "full-hybrid" mas quase.



update 12-07-2023

0 comentários: