Mercedes poderá matar a Smart

É uma boa possibilidade - segundo a Automobile Magazine a Renault irá desistir da arquitetura do motor atrás do atual Twingo no final da geração condenando a parceria que mantém a Smart viva. Não significa o final da Smart necessariamente, o mais certo é ser absorvida pela Mercedes e termos um citadino tal como o Audi A1 ou o Mini.
Em termos de timing estaríamos a olhar para "o fim da Smart" algures perto de 2025, altura em que chegará a nova plataforma modular MX1 que irá substituir a actual MFA2 (mais escalável, modular e permitira motorizações eléctricas e electrificadas além das "clássicas") e com o final de vida do atual Twingo. Teremos que esperar para ver...

0 comentários:

"