Jaguar XKSS renasce das cinzas

8 meses depois do anuncio que iriam produzir os 9 exemplares do XKSS que nunca chegaram a ser produzidos nos anos 50 devido ao incêndio que destruiu fabrica e ferramentas a Jaguar trouxe ao salão de Los Angeles o primeiro exemplar do que apenas pode ser caracterizado como uma máquina do tempo: um Jaguar XKSS de 1957 novo. A versão de estrada do Jaguar Type-D que venceu Le Mans entre 1955 e 1957 novo hoje...


Foram precisos 18 meses de pesquisa e 10.000 horas de trabalho do departamento Special Operations da Jaguar para criar este primeiro prototipo que serviu de preparação para os 9 exemplares finais já todos vendidos a mais de 1 milhão de euros cada. E é uma pechincha - Steve McQueen teve um e esse carro está avaliado em mais de 20 milhões de euros!



A "Experimental Shop" em Warwick digitalizou um modelo original e recriou todos os elementos com as mesmas técnicas do original - desde os travões de disco e pneus Dunlop, às jantes em magnésio, ao 6 cilindros de 3.4 litros com carburadores Weber DC03 e até os mais de 2.000 rebites são iguais e exactamente na mesma posição que o modelo original. Tirando o deposito de combustível que é moderno, tudo o resto é dos anos 50.

0 comentários:

"