Concept Citroen CXperience apresentado

A Citroen vai levar ao salão de Paris um concept que celebra os 40 anos do CX - este é o Citroen CXperience.
Sucessor ao DS original, o CX foi um dos mais bem sucedidos modelos de luxo da marca e apesar do luxo ter transitado para a recente marca DS, a designação CX regressa para um concept. Mantém alguns detalhes como a carroçaria bicorpo, o grande vidro traseiro, a superfície vidrada lateral mas a frente é completamente nova - o caminho para o futuro do design da Citroen?

É pouco maior que o anterior C5 com 4,85 metros mas o maior fator são os 3 metros de distancia entre eixos que permite uma cavernosa capacidade interior acessivel pelas portas de abertura antagonista. 
No interior temos a continuação da filosofia atual da marca francesa em fazer desaparecer botões dos tabliers. Temos um enorme ecrã tatil de 19 polegadas para as funções do automóvel com função split-screen que permite o mesmo ecrã ser usado pelo condutor e passageiro para diferentes funções a dominar o tablier em couro e que combina perfeitamente com o icónico volante monobraço.
Os espelhos retrovisores são substituídos por camaras com ecrãs montados nas portas, e em conjunto com camaras à frente e atrás permitem uma visão 360º em torno do automóvel.
Este concept CXperience é principalmente acerca do que não se vê. Debaixo do capot temos uma motorização híbrida plugin a gasolina com 300 cavalos e uma autonomia elétrica de 60 quilómetros que deve chegar à produção em série em 2019. Outra novidade é o programa "Citroën Advanced Comfort" que é um conjunto de medidas e tecnologias que marca está a desenvolver para melhorar o conforto automóvel filtrando ruído exterior e vibrações, os assentos recebem uma espuma especial com memória e suspensão com amortecedores hidráulicos que vem tomar o lugar da já descontinuada hidropneumática.

0 comentários:

"