Land Rover Discovery Sport apresentado

Eis o novo Land Rover Discovery Sport, o substituto do Freelander. Até agora as novidades eram todas da Range Rover (Evoque, Range Rover, Range Sport), já era tempo da Land-Rover ter alguma atenção - e começa pelo Discovery, transformando o modelo anterior numa família de SUV's dirigidos à família.


O novo Discovery Sport vai buscar muitos elementos de designe à Range Rover e ao concept Discovery Vision, e muito deste designe deverá passar para o próximo Discovery.

Relativamente ao Freelander encolheu 5 centímetros em comprimento (4,59 metros totais) e pode receber 7 lugares e tração integral. Ao ler as declarações da apresentação parece que estão a apontar mais ao premium (Audi Q5, BMW X3, Mini Countryman, Mercedes GLK e outros) do que propriamente aos Nissan X-Trail e outros - o comparativo era feito ao Q5: "It’s about 40mm shorter than an Audi Q5 but it has seven seats, about 80mm more legroom, and 20% more luggage capacity". Traduzindo, é cerca de 40 milímetros mais curto que o Audi Q5 mas tem 7 lugares, mais 80 milímetros de espaço de pernas e mais 20% de capacidade de mala.

No interior os 7 lugares devem ser de série para sublinhar o aspecto familiar do Discovery, e o tablier colabora. O sistema multimédia é novo - é o InControl da Jaguar Land Rover.


Mecânicamente falando não é um automóvel completamente novo - a frente até ao pilar B é a do Evoque e apartir daí é novo, incluindo a novo suspensão traseira multi-link que permite a instalação da 3ª fila de bancos.

A Land Rover também carregou na tecnologia disponível - a lista de opcionais é longa e inclui uma caixa automática de 9 velocidades, tracção integral, amortecedores pilotados, HUD, medidor de profundidade de água, travagem autónoma, controlo de ângulos mortos, tecto panorâmico e couro por todo o lado

Debaixo do capot, na altura do lançamento, terá 1 motor a gasolina e 2 a diesel. A gasolina o Si4 terá um motor de 4 cilindros de 2 litros turbo-comprimido com injecção directa com 240 cavalos. A diesel o TD4 terá um 4 cilindros turbo de 2,2 litros do Evoque com 150 cavalos e o SD4 terá uma versão de 190 cavalos do mesmo motor. Mais adiante em 2015 deverá chegar a versão eD4 com o novo motor "Ingenium" de 2 litros do Jaguar XE acoplado a uma caixa manual de 6 velocidades e tracção dianteira apenas.
Este é o primeiro membro da nova gama Discovery e o proximo modelo deve chegar em 2016 - neste caso o substituto do actual Discovery.

0 comentários:

"