Novo Smart Fortwo e ForFour

Eis a nova (terceira) geração do mini-citadino (se bem que maior que o meu Twizy) Smart Fortwo. Completamente novo, mais pequeno em 1 centímetro (2,69 metros no total) e mais largo em 10 centímetros (1,66 metros totais) mas com um dos melhores raios de brecagem do mercado - 6,95 metros que é menos 1,85 metros que a geração anterior!

 
Mecânicamente utiliza motores Renault - a gama começa com o 3 cilindros de 1 litro de 71 cavalos e o 3 cilindros de 0,9 litros turbo que desenvolve 90 cavalos e 135 Nm. Mais adiante vão haver mais 2 motorizações uma para cada extremo - uma mais versão de 60 cavalos do 3 cilindros 1 litro e a versão Brabus. Não vai haver versão diesel.

 
As suspensões são completamente novas que a Smart diz serem muito mais confortáveis, mantendo a possibilidade de uma versão desportiva rebaixada em 10 milímetros. Outra grande novidade é que enfim o Fortwo poderá receber uma caixa manual de 5 velocidades ou uma DSG de 6 velocidades. Tem 3 niveis de equipamento Passion, Prime e Proxy cada qual com as suas possibilidades de personalização.
 
Ambos ForFour e ForTwo chegam aos stands a 22 de Novembro e deve custar o mesmo que a geração actual.
 
 
E chegou também a versão longa do novo Smart Fortwo - o novo Smart ForFour tem a mesma altura e largura que o ForTwo mas que conta com mais 80 centímetros de comprimento suplementares (total de 3.49 metros - mesmo assim 6 centímetros a menos que um Fiat 500) e mais uma fila de bancos, mantendo mesmo assim um raio de brecagem comparável ao do actual Fortwo: 8,65 metros. Que combinado com as rodas nos cantos significa que será óptimo para as manobras na cidade.
 
Depois do falhanço da geração anterior do ForFour, que não passava de uma versão mais colorida do Mitsubishi Colt que apenas durou 2 anos a Smart associa-se à Renault para tentar de novo aproveitando a mecânica do Renault Twingo combinada com o look do Fortwo. Se olharemos de perfil e ignorarmos a pintura lateral vemos o perfil do Twingo.
 
Mecânicamente falando (já não se pode dizer debaixo do capot) é idêntico ao ForTwo: temos para já dois motores de 3 cilindros - o 1 litro atmosférico de 71 cavalos e o 0.9 litros turbo de 90 cavalos. Mais adiante virá uma versão de 60 cavalos e a versão Brabus. Não vai haver versão diesel e todos com caixa manual de 5 velocidades ou DSG de 6 velocidades e start-stop. Mas não é um irmão gémeo do Twingo - a Smart assegura que o acerto das suspensões e outros elementos são específicos.
 
No interior é possível transportar (rebatendo os bancos traseiros) objectos até 2,22 metros de comprimento. A mala pode ter entre 185 a 975 litros de capacidade.
 
Outro pormenor importante é a personalização - o novo Smart ForFour conta com 3 níveis de equipamento Passion, Prime e Proxy ao que acresce então as inúmeras possibilidades de personalizar (e de arruinar) o seu Smart. Todos recebem fecho centralizado das portas, direcção assistida, bancos aquecidos, cruise control, luzes diurnas LED e sistema audio JBL, no campo das assistências à condução temos de série o Crosswind Assist (ajuda quando o carro começa a desviar por causa de ventos laterais), ABS, ASR e ESP.
 
Ambos ForFour e ForTwo chegam aos stands a 22 de Novembro. A nivel de preços o novo ForTwo deve custar o mesmo que a geração actual e o novo ForFour custará cerca de 600 euros mais que o ForTwo com o mesmo motor.
 
O CEO da Daimler Dieter Zetsche (que na apresentação parecia um Jeremy Clarkson com bigode) disse ter muita confiança no futuro da Smart já que esperam que o mercado para os "micro-carros" atinja 1 milhão de unidades até 2020 e que um terço das vendas da Smart sejam do ForFour.
 
Post original de 16-07-2014
Eis os novos Smart Fortwo e ForFour que devem ser apresentados já amanhã, mas imagens de uma sessão fotográfica na China acabaram de aparecer na internet. Mai detalhes assim que disponiveis!








0 comentários:

"