Parlamento Europeu aprovou eCall

O Parlamento Europeu aprovou um sistema eCall que alerta automaticamente os serviços de emergência em casos de acidente grave e deverá estar operacional em todos os veículos ligeiros de passageiros e mercadorias a partir de outubro de 2015 .
 
Esta tecnologia permitira uma assistência mais rápida e contribuindo para reduzir o número de mortes e de ferimentos graves nas estradas portuguesas. Para o Parlamento Europeu, o "eCall" deve ser um serviço público gratuito e que possa ser usufruído por qualquer condutor em qualquer via europeia. O Parlamento aprovou a aplicação deste sistema com 485 votos a favor, 151 contra e 32 abstenções - gostava de conhecer os 151 idiotas que votaram contra um sistema que pode salvar vidas.
 
Provavelmente os maniacos Os deputados europeus determinaram ainda que os fabricantes do sistema "eCall" devem assegurar que as viaturas equipadas com o sistema não estejam sujeitas a localização constante no estado de funcionamento pré-emergência do serviço. O conjunto mínimo de dados a enviar pelo sistema "eCall" deve integrar apenas o modo de ativação, a classe do veículo, o tipo de combustível utilizado, a indicação da hora, a posição exata, o sentido da marcha e o número de cintos de segurança. Segundo estimativas, o "eCall" poderá acelerar o tempo de resposta dos serviços de emergência em 40% das zonas urbanas e em 50% das zonas rurais, possibilitando salvar até 2.500 pessoas por ano.

0 comentários:

"