[update videos]Novo BMW Série 7 apresentado

Eis o novo BMW Série 7, topo de gama da BMW e rival eterno do Mercedes Classe S e se por fora parece apenas uma evolução do designe, arrisco um actual Serie 3 cruzado com o antigo Serie 7, a verdade é que muito se esconde debaixo do metal. A questão é se isso bastará para chamar à atenção dos abastados o suficiente para destronar o líder inconstestado - em 2014 a BMW vendeu 48.480 unidades do Série 7, menos de metade do que a Mercedes conseguiu com o Classe S (101.428 unidades) mas mais que os 37.158 Audi A8 vendidos em igual período. 

Em termos de design é uma evolução da anterior geração com o look do recentemente refrescado Serie 3, é mais desportivo e apenas 2 centímetros mais compridos que a geração que substitui (5,10 metros de comprimento ou 5,24 metros nas versões longas L). 
O interior é completamente novo e que belo sitio para se estar parece ser - o iDrive foi redesenhado (e deve chegar à restante gama nos entretantos) passando a ser sensível ao toque, pode usar o comando tradicional mas também pode usar gestos para algumas funções como aumentar o volume ou controlar o telefone.

Pode carregar o seu telemóvel sem ter que o ligar, pode ter assentos traseiros que o exercitam enquanto está sentado ou permite-o esticar como na primeira classe de uma linha aérea, tablets nos assentos traseiros e nas versões longa pode ter um tecto de vidro panorâmico Sky Lounge Panorama com iluminação LED no interior. 

E as superfícies/ecrãs tacteis chegam até aos comandos da ventilação...como dizem os ingleses: SWEET!
O conforto promete ser fenomenal - os assentos (dianteiros e traseiros), volante e apoios para os braços são aquecidos, a suspensão é pneumática e pilotada de série em todos os modelos, e o sistema Active Comfort Drive tem as barras de anti-rolamento pilotadas e uma câmara que lê a estrada à frente e adapta a regulação da suspensão para qualquer irregularidade que apareça. Mas o melhor ainda é, para mim claro, a possibilidade de estacionar sozinho usando o comando à distancia. 
Mecânicamente falando a grande novidade é a perda de 130 quilogramas de peso que como sabemos ajuda a reduzir consumos e melhora comportamento - mas é a forma e não o valor que é interessante: a BMW pegou nas lições dos i3 e i8 e aplicou-as ao novo Seríe 7. Utiliza, e estreia esta mistura pela primeira vez na industria automóvel de série, alumínio, aço de alta qualidade e plástico reforçado com fibra de carbono em diferentes locais. Para melhorar o comportamento, além da redução de peso, o Série 7 poderá contar com a tracção integral xDrive e 4 rodas directrizes ActiveDrive.


Debaixo do capot a versão mais vendida deverá ter uma nova versão do 3 litros turbo diesel com 265 cavalos e 620 Nm de binário (730d capaz de acelerar dos 0 aos 100km\h em 5.8 segundos). A gasolina terá inicialmente o V8 biturbo de 450 cavalos associado à tração integral (750i capaz de acelerar dos 0 aos 100km\h em 4.4 segundos) o 6 cilindros turbo de 326 cavalos (740i capaz de acelerar dos 0 aos 100km\h em 5.5 segundos) e a mecânica híbrida do X5 que associa um 4 cilindros de 2 litros associado a um motor eléctrico que desenvolve 326 cavalos (740e). 
Segundo a BMW esta versão híbrida é capaz de médias (segundo o ciclo de homologação muito optimista) de 2.1 l/100km e uma autonomia 100% eléctrica de 40 km. Todos os motores estão associados à caixa automática de 8 velocidades Steptronic que está ligada ao GPS podendo seleccionar a velocidade de acordo com a geografia e tipo de estrada.

De série tem faróis Full LED com possibilidade de faróis laser por opção, e pode ter um pack Advanced Safety que inclui um modo de condução automático que actua sobre o volante e distancia de segurança e permite evitar uma colisão lateral e dianteira.


Update 23-06-2015


Update 03-09-2015
A BMW publicou 5 videos sobre o processo de design do novo Série 7 - se gosta de tecnologia automovel ou apenas curioso sobre que meios os construtores de topo têm ao seu dispor veja que vai gostar.

0 comentários:

"