Novidades Opel - PACE

Há novidades no enquadramente da Opel no plano a longo prazo do grupo PSA denominado PACE. Foi apresentado pelo CEO da Opel Michael Lohscheller em Rüsselsheim. Ainda há bastante discussão em torno da Opel especialmente porque os sindicatos estão a levantar várias questões.

Resumindo as novidades:
- Manter "identidade alemã" da Opel;
- Todos os Opel desenvolvidos em Rüsselsheim;
- Nove modelos até 2020 - o novo Opel Corsa chega em 2019 na plataforma CMP da PSA;
- Opção electrificada para cada modelo Opel até 2024;
- Quatro modelo electrificados até 2020: Corsa eléctrico em 2020 e Grandland X híbrido plug-in em 2019;
- Hibridização ligeira a partir de 2022;
- Opel já cumpre norma Euro 6d;
- Rüsselsheim ira desenvolver próxima geração dos motores de 4 cilindros a gasolina PureTech da PSA adaptados para electrificação/híbridos a partir de 2022 e para os mercados internacionais;
- Rüsselsheim ira desenvolver próxima geração de comerciais ligeiros para os mercados globais, com vendas a arrancar em 2020;
- Acelerar transição para plataformas PSA com apenas 2 plataformas para os novos modelos das atuais 9 até 2024;
- Baixar custos por automóvel em 700 euros até 2020;
- Desenvolver sinergias com a PSA até 1.1 mil milhões de euros até 2020 e 1.7 mil milhões até 2026;
- Objetivo de tornar Opel lucrativa a partir das 800.000 unidades vendidas;
- Focar SUVs que devem representar 40% das vendas até 2021;
- Aumentar vendas das carrinhas em 25% e versões eléctricas até 2020;
- Opel em 20 novos mercados até 2022 via rede PSA;
- Transferir produção de Coreia para Europa;
- Mudar Vivaro para plataforma EMP2;
- 10 famílias de motores Opel para apenas 4;
- Rüsselsheim ira desenvolver tecnologias como combustíveis alternativos, células de hidrogénio, assentos, segurança activa, teste de transmissões manuais e automáticas;

0 comentários:

"